|
NOTÍCIAS
|
PRISÕES
|
FALE CONOSCO
|
FONES E ENDEREÇOS
|
Login
|
 
Enviar por email Comunicar erros Receber Boletim Imprimir
Contraste
Mapa do site
RSS
Menu
Seu IP
54.81.68.185
ec2-54-81-68-185.compute-1.amazonaws.com
Woodbridge - United States - NA
Latitude : 40.552501678467
Longitude : -74.291496276855
Seu Browser
CCBot/2.0 (http://commoncrawl.org/faq/)
QR code
http://www2.policiacivil.sp.gov.br/x2016/modules/news/index.php?storytopic=0&start=605
« 1 ... 38 39 40 (41) 42 43 44 ... 335 »
Operações Policiais : Operação em Cordeirópolis prende nove pessoas e apreende dois adolescentes
05/02/2014 17:41:09 (1113 leituras)

A ação mobilizou 100 policiais civis e contou com o apoio do Gaeco, policiais militares e guardas municipais

Cerca de 100 policiais civis de Cordeirópolis, Limeira e Rio Claro (Deinter 9 - Piracicaba) em conjunto com promotores do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), realizaram nesta terça-feira (4) uma grande operação em Cordeirópolis. A ação também contou com a participação de policiais militares e guardas municipais e resultou na prisão de nove pessoas e apreensão de dois adolescentes. Nove pessoas foram presas e dois adolescentes apreendidos.

Após a ocorrência de diversos roubos a sítios e chácaras na zona rural de Cordeirópolis, a Polícia Civil instaurou dois inquéritos e, por meio de um trabalho de inteligência e investigações minuciosas, conseguiu identificar integrantes de uma quadrilha especializada em roubos a residência.

Durante o trabalho de campo, foi possível a prisão em flagrante de dois integrantes do bando e a localização de parte dos objetos roubados. A dupla praticou roubo num mercado na cidade de Rio Claro.

O trabalho realizado com o Gaeco fez um levantamento de 39 locais. Foram cumpridos quatro mandados de prisão temporária, resultando na captura de dois foragidos. Na sequência das investigações, os policiais conseguiram identificar mais sete integrantes, que foram reconhecidos pelas vítimas e tiveram a prisão preventiva decretada por roubos na região.

Durante a operação, além da recuperação de parte dos objetos roubados, os policiais apreenderam armas e entorpecentes. A prisão da quadrilha possibilitou o esclarecimento de diversos roubos praticados nos municípios de Cordeirópolis, Limeira e Rio Claro.

Fonte/fotos: DP de Cordeirópolis (Deinter 9 – Piracicaba)                                                colaboração: Wilson Elias

Leia mais... | Mais 2636 bytes
Noticias em Geral : Polícia Civil desmonta esquema de estelionato em Avaré
05/02/2014 09:23:38 (1233 leituras)

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Avaré deteve na última terça-feira, dia 4, a estudante de Direito E.F.P.N, de 52 anos, suspeita de um audacioso esquema que aplicava golpes na cidade. Na casa dela, no bairro Santa Elizabeth, foi encontrado farto material para a prática de estelionato, entre os quais, listas com números de CPF e papéis próprios para confecção de RG.

A ação ocorreu depois de minuciosa investigação que propiciou mandado de busca expedido pela Justiça. Na residência ainda foram apreendidos cartões de crédito, centenas de folhas de cheque preenchidas, assinadas e outras em branco, documentos de carro, carimbos utilizados em cartório de registros, bem como um pendrive com material que denuncia o esquema, como notas de 10, 20, 50 e 100 reais digitalizados, cópias de contrato e carteira de trabalho em branco.

Apesar de ter diversas passagens, a maior parte pela prática do crime de estelionato, E.F.P.N. foi liberada por não haver flagrante. Segundo os policiais da DIG, a suspeita cumpriu prisão pela última vez em 2004, quando saiu da Cadeia Pública de Itapevi.

A investigação ainda aponta a possível participação de outras pessoas no esquema, que poderão ser identificadas e processadas. Segundo o delegado Rubens César Garcia Jorge, um dos golpes aplicados consistia em vender cheques de origem ilícita, que eram repassados no comércio. “O esquema pode ter feito várias vítimas na cidade”, afirmou. A DIG instaurou inquérito para apurar o caso.


Cristiano Martins

Noticias em Geral : Dupla escondia maconha e cocaína no forro de casa em Osasco
04/02/2014 17:39:15 (655 leituras)

A Polícia Civil prendeu uma dupla de traficantes no Jardim Rochdale, em Osasco, na tarde desta segunda-feira (03), sendo que um deles era procurado pela Justiça e utilizava documentos falsos para evitar a prisão.

Os policiais civis da 5ª Patrimônio (Delegacia de Investigações Sobre Roubo a Bancos) do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) chegaram ao endereço durante apuração de denúncia de que a casa ocupada pela dupla serviria de esconderijo a um envolvido em diversos crimes na especialidade conhecida como "saidinha de banco".

No local eles encontraram o pintor M.S.S., de 34 anos, que inicialmente se apresentou com o nome de Ed Carlos, e alegou não ter qualquer problema com a Justiça, mas permitiu que os policiais civis revistassem a casa. Na ocasião,  foram encontrados cinco quilos de cocaína e cerca de dois quilos de maconha e crack escondidos sob o forro da laje de um dos cômodos. No local também foi preso o borracheiro R.M.R., de 21 anos.

Diante das evidências do crime, o pintor que antes de apresentava como Ed Carlos, admitiu ser foragido da Justiça e revelou a verdadeira identidade. Ele foi indiciado por uso de documento falso, além de tráfico de entorpecente, mesmo delito pelo qual foi detido o borracheiro. Ambos ainda vão responder por formação de quadrilha e serão investigados pela suposta participação em outros crimes.

Assessoria de Comunicação do Deic (com adaptações)

Leia mais... | Mais 1960 bytes
Noticias em Geral : Polícia Civil impede furto a escritório de advocacia no Planalto Paulista
04/02/2014 09:29:22 (779 leituras)

Policiais civis prenderam A.N.S., de 34 anos, em um escritório de advocacia, localizado na Alameda dos Maruás, no Planalto Paulista, zona sul da Capital, quando ele tentava furtar computadores e equipamentos telefônicos, avaliados em R$ 4.100, na noite deste domingo (2).

Uma equipe do Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) foi ao local, onde a porta principal havia sido arrombada, e conseguiu evitar o crime. Na ocasião, o suspeito foi flagrado no momento em que separava os objetos para furtar.
 
O caso foi registrado no 27º Distrito Policial (Ibirapuera) como furto qualificado tentado. Todos os objetos foram devolvidos ao dono.

Adriana Ferrari

Leia mais... | Mais 1023 bytes
Posses e Formaturas : Delegado geral é empossado como sócio efetivo do IHGGS
03/02/2014 14:54:16 (1441 leituras)

O delegado geral, Luiz Maurício Souza Blazeck, tomou posse neste domingo, 2 de fevereiro, como novo associado efetivo do Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba (IHGGS). O evento contou com a presença do diretor do Deinter 7 – Sorocaba, Júlio Gustavo Vieira Guebert e diversas autoridades civis e militares.

A cerimônia de posse também marcou o início das comemorações dos 60 anos de fundação do instituto que atua na promoção da história e da cultura da cidade de Sorocaba.

Como cidadão sorocabano, o delegado geral, destacou dois sentimentos importantes na posse: honra e orgulho. Mauricio Blazeck escolheu o empresário Franke Pavan para ser o seu patrono.

Instituto

O IHGGS - Instituto Histórico, Geográfico e Genealógico de Sorocaba fica na R. Ruy Barbosa, 84, Vl. Hortênsia  e ocupa as dependências da Casa de Aluísio de Almeida. O local possui rico acervo de livros e documentos históricos sobre a cidade.


Márcio Corrêa – Assessoria de Comunicação Deinter 7 (Sorocaba)

Leia mais... | Mais 2634 bytes
Inaugurações : Departamento de Inteligência da Polícia Civil inova com galeria de honra digital
03/02/2014 12:51:08 (1769 leituras)


“O Dipol por ser o departamento que cuida da área de tecnologia da informação deveria ser o pioneiro e inovar, é o primeiro departamento da polícia que faz isso” 

(Edson Nakamura, diretor do Dipol)


O Departamento de Inteligência da Polícia Civil inovou o que é uma tradição na Polícia Civil, a galeria de honra de ex-diretores e titulares de unidades policiais: no Dipol agora ela é digital.

“Hoje a maioria das paredes são construídas em dry wall, que é um material com acabamento em gesso não próprio para se pendurar peso (caso do Dipol). O custo (da galeria digital) é muito menor e a qualquer momento podemos inserir qualquer outro dado ou novas fotos”, disse Edson Minoru Nakamura, o diretor do Dipol, a respeito das vantagens na nova galeria, exposta em um único televisor, que pertencia à Unidade Gestora Executora (UGE) do departamento. “Só o remanejei, reaproveitei”, afirmou o diretor.

Além dos ex-diretores, a galeria exibe há pouco mais de um mês um resumo da história do departamento, desde 27/02/1991, quando foi criado o Departamento de Informática (Dinfor), passando pela fase em que se tornou Departamento de Telemática (Detel) – em 1997 - até o atual Dipol (criado em 1º/10/2002), que além de controlar as atividades de inteligência policial agregou todas as funções dos anteriores. “O Dipol por ser o departamento que cuida da área de tecnologia da informação deveria ser o pioneiro e inovar, é o primeiro departamento da polícia que faz isso”, disse Nakamura, que em seguida elogiou o delegado Luciano Manente, idealizador da nova galeria.

Luciano Manente, que na ocasião representava o delegado geral adjunto, Valmir Eduardo Granucci, contou que a ideia surgiu à época da reforma da Delegacia Geral de Polícia, em 2012: “Foram tirados os quadros dos delegados gerais e postas paredes em dry wall, então bolamos essa ideia da galeria de honra digital, sem perder a nossa tradição, a nossa história, e especialmente no Dipol ela tem tudo a ver”, disse.

“Sobre todo e qualquer fato o importante é a história. Então falamos (na galeria) desde quando surgiram os computadores na polícia. A história é importante para entendermos o momento atual”, argumentou Edson Nakamura, que neste mês de fevereiro completa um ano como gestor do Dipol. “Foi um ano extremamente trabalhoso, resgatamos alguns sistemas, conseguimos pela vez primeira adquirir o sistema AFIS, automatizado de impressões (digitais), no Instituto de Identificação (Ricardo Gumbleton Daunt – IIRGD) e a radiodigitalização, que estamos fechando no Estado quase todo. A minha meta é em 2014 conseguirmos fechar o Estado inteiro, que não haja nenhum ponto cego em que não se consiga falar”, pontuou Nakamura.

O diretor do Dipol citou as principais iniciativas do departamento, como a criação da Delegacia Eletrônica, em janeiro de 2000, e a disponibilização para toda a Polícia Civil, entre 2003 e 2005, dos sistemas de inteligência Ômega e Phoenix.

O Ômega integra bases de dados em um único ambiente, realiza o agrupamento de ocorrências e a identificação automática de relacionamento entre pessoas, veículos, armas e endereços. “Por meio de alertas e pesquisas realizadas no banco do Registro Digital de Ocorrência (RDO) e da Delegacia Eletrônica, (o Ômega) é usado para aprimorar as investigações policiais”, explicou o diretor. Já o sistema Phoenix possibilita a identificação criminal por meio de boletins de identificação digitalizados e elaboração de retratos falados. “Ele possui banco de dados de vozes e individuais dactiloscópicas digitalizadas, fazendo com que detalhes de características físicas, incluindo tatuagem, cicatriz, deformações do corpo, cor da pele, olhos, tipo de rosto etc, além do modus operandi de um criminoso (forma como ele pratica um crime) possam ser pesquisados”, destacou Nakamura.

Os ex-diretores do departamento Mauricio José Lemos Freire e Domingos Paulo Neto também tomaram a palavra no evento de inauguração. Ambos relembraram histórias dos funcionários do departamento. Vários outros delegados de polícia também prestigiaram o evento de inauguração da galeria de honra digital: Silvio Balângio Júnior, Mario Leite de Barros Filho, Edemur Ercílio Luchiari, Wagner Ginotti, Oduvaldo Mônaco, Antônio Carlos Vieira dos Santos, Kleber Antônio Torquato Altale, Ramiro Simões Antunes, Renato Funicello Filho, Marco Antônio Martins Ribeiro Campos e Dirceu Jesus Urdiales. Esteve também presente o presidente da Comissão de Segurança Pública da OAB-SP, Arles Gonçalves Júnior.

Por Kerma Matos Oliver

Noticias em Geral : Carpinteiro fornecia armas usadas em roubos a residências no Morumbi
03/02/2014 09:17:17 (815 leituras)

A Polícia Civil prendeu o homem apontado como fornecedor de armas para um bando especializado em invasões de residências na região do Morumbi, zona sul. A ação aconteceu na noite do último dia 30, mas só foi revelada ontem (2) para que as investigações não fossem prejudicadas. Integrantes da 3ª Patrimônio (Delegacia de Investigações sobre Crimes Patrimoniais contra Órgãos e Serviços Públicos), do Deic, apreenderam três revólveres calibre 38, joias, máquina fotográfica e outros objetos na casa do acusado, em Campo Limpo.

Segundo o delegado Dimas Pinheiro, titular da 3ª Patrimônio, a prisão é o desdobramento da investigação que apura as atividades de uma quadrilha na área do Morumbi. Um integrante do bando, responsável por dirigir o carro de fuga após as invasões, foi detido em flagrante durante o roubo de uma residência.

As apurações permitiram identificar o carpinteiro J.A.S., de 43 anos, como fornecedor de armas para o bando. Ele receberia como pagamento, além de dinheiro, objetos roubados das vítimas. A equipe da 3ª Patrimônio realizou a detenção na Rua Professora Maria Augusta de Moraes Neves.

As armas e munições estavam em uma gaveta do guarda-roupa. Os policiais também encontraram joias, relógios, máquina fotográfica e câmera de vídeo, objetos dos quais J. não revelou a procedência.

O delegado José Roberto Arruda, da 3ª Patrimônio, autuou o carpinteiro por porte de arma. O preso também será investigado por receptação. A equipe faz um levantamento de itens retirados das residências para encontrar os donos dos objetos encontrados.

O delegado Dimas Pinheiro falará sobre o caso hoje (03), às 15h, no auditório do Deic.


Por Maurício Rodrigues - Assessoria de Comunicação do Deic (com adaptações)

Noticias em Geral : Mais um concurso com inscrições abertas nesta segunda
03/02/2014 00:00:00 (7727 leituras)

Hoje (3) é o primeiro dia do período de inscrições para o preenchimento de 84 vagas para o cargo de Técnico de Laboratório.

Para participar do concurso TL 1/2013, os candidatos devem possuir Ensino Médio completo e outros requisitos constantes do Edital. 

Em suma, o Técnico de Laboratório deverá desenvolver e executar atividades de apoio técnico, auxiliando o Perito Oficial na execução dos exames periciais em laboratório, realizando atividades relacionadas com as operações técnicas periciais, com atribuições decorrentes.

O cargo será exercido em jornada de trabalho de 20 horas semanais, em regime de plantão, diurno e/ou noturno, podendo ser em dias de semana, sábados e domingo. A remuneração inicial da classe parte de R$ 890,24, correspondentes à soma dos valores do salário-base e gratificações.  

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo site www.vunesp.com.br, a partir das 10 horas da manhã. O período de inscrições se encerra às 16 horas de 28 de fevereiro de 2014. A taxa é de R$ 42,61.

A prova preambular constituída de 100 questões, abordadas entre conhecimentos gerais e específicos, está prevista para o dia 6 de abril de 2014 e ocorrerá nas cidades de Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo (Capital e Grande São Paulo) e Sorocaba. Veja o quadro completo de distribuição de vagas no Edital.

Para maiores informações, é recomendável que os interessados leiam atentamente o Edital, que sofreu retificações, e suas atualizações disponíveis no site da Polícia Civil.


por Rina Ricci

Operações Policiais : Presos matadores de rapaz durante roubo
02/02/2014 16:54:39 (879 leituras)

A Polícia Civil prendeu seis responsáveis pela morte do auxiliar administrativo Bruno Borges de Oliveira, de 18 anos. O crime aconteceu em 28 de janeiro deste ano na Bela Vista, região central da cidade de São Paulo.

Integrantes da 1ª Patrimônio (Delegacia de Investigações sobre Roubos e Latrocínios) do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) identificaram e detiveram os autores durante ação iniciada na noite de ontem (1) na mesma região do crime. Os acusados admitiram o ataque. Entre eles estão dois adolescentes. 
 
Segundo o delegado Wagner Giudice, diretor do Deic, o grupo também admitiu outro ataque 90 minutos antes. Os principais alvos eram homossexuais.
 
A quadrilha era formada por L.R., de 23 anos; E.T.S., de 20; G.L.N., 20; D.H.S., de 20; e dois adolescentes de 16. A Justiça decretou as prisões de todos os envolvidos, bem como a apreensão dos menores.

Mauricio Rodrigues
Assessoria de Comunicação - Deic

Operações Policiais : Operação policial em São Pedro faz a apreensão de grande quantidade de drogas e prende o traficante
01/02/2014 19:40:00 (946 leituras)

Policiais civis de São Pedro e Charqueada realizaram operação nesta sexta-feira (31) em São Pedro visando o combate ao comércio ilícito de entorpecentes e apreensão de armas de fogo no bairro São Dimas.

Os agentes realizaram o cumprimento de Mandado de Busca Domiciliar e realizaram a prisão do servente de pedreiro J.F.S, de 24 anos, em local apontado como ponto onde ocorre o comércio ilícito de entorpecentes.

Houve apreensão de dois tijolos de maconha, que apresentaram o peso de 702,8g, um tijolo de cocaína, com peso de 695,59g de cocaína, bem como 377 tubos de eppendorf, com peso bruto de 202,2g e uma porção a granel de cocaína com 70,2g, além de três sacos fechados com vários outros eppendorfs vazios semelhantes àqueles que estavam cheios.

O local certamente estava sendo utilizado para a distribuição da substância em invólucros  para a comercialização ilícita conforme investigação que vinha sendo desenvolvida.

O servente de pedreiro foi autuado em flagrante e recolhido à cadeia pública local e as drogas e objetos apreendidos foram encaminhados para perícia no Instituto de Criminalística de Piracicaba.


Fonte: Delegacia Seccional de Piracicaba (Deinter 9)

Operações Policiais : Operação em Tupã e região realiza várias prisões e apreensões
01/02/2014 19:17:16 (441 leituras)

Operação realizada por policiais civis durante o período de 24 a 31 de janeiro, na região de Tupã, resultou em 16 pessoas presas, sendo três em flagrante, um recapturado e 12 por mandado.

Na ação foram elaborados dois flagrantes, seis termos circunstanciados, um ato infracional, e cumpridos 12 mandados de busca e apreensão.

Houve ainda a apreensão de dois veículos, 54 objetos utilizados na prática de crimes como videogame, notebook, relógio, pendrive, HD externo e câmera digital.

Destaque para apreensões de entorpecentes que, entre maconha, cocaína e crack, totalizaram mais de três quilos.

Participaram dos trabalhos 63 policiais civis de Delegacias pertencentes ao Departamento de Polícia Judiciária do Interior 4 (Bauru).

Fonte e foto: Unidade de Inteligência Policial (Uip) – Deinter 4 (Bauru)

Posses e Formaturas : Tomam posse 547 novos policiais civis no Palácio dos Bandeirantes
01/02/2014 11:56:59 (6421 leituras)

A solenidade foi realizada no Auditório Ulysses Guimarães (lotado) e contou com a presença do governador Geraldo Alckmin

A Polícia Civil de SP empossou nesta sexta-feira (31), 547 novos policiais de duas carreiras: agente de telecomunicações policial (156) e agente policial (391). O evento foi realizado no Palácio dos Bandeirantes – Morumbi, zona sul da Capital. O governador Geraldo Alckmin e o delegado geral, Luiz Mauricio Souza Blazeck, participaram do evento.

Também estavam presentes, o secretário da Segurança Pública Fernando Grella Vieira; o comandante geral da Polícia Militar, coronel Benedito Roberto Meira; a superintendente da Polícia Técnico-Cientifica, Norma Sueli Bonaccorso e o diretor do Departamento de Administração e Planejamento da Polícia Civil (DAP), Silvio Balangio Junior.

Durante o evento as autoridades presentes entregaram a funcional e os distintivos aos três primeiros colocados de cada turma: 1) Ricardo Tsukamoto Nagasse, 2) Evander Souza Vieira, 3) Marco Aurélio Apolinário de Andrade (Agentes Policiais) e 1)  Priscila Pereira Gomes, 2) Lucas Fernando dos Santos e 3) Marco Antonio Queiroz (Agentes de telecomunicações).

Em seu discurso o delegado geral Mauricio Blazeck afirmou que: “Os 156 agentes de telecomunicações e os 391 agentes policiais que vem hoje reforçar a Polícia Civil não se constituem num beneficio à instituição policial, mas sim, um benefício à população de São Paulo”. E destacou a importante função dos novos policiais: “A partir de agora, os senhores e senhoras são servidores públicos, o que significa que desde este momento em diante, a Polícia Civil espera dos senhores, primeiramente, espírito de corpo, de união fraterna com os demais policiais e, acima de tudo, espírito de servir a população.”

Já o secretário da segurança pública, Fernando Grella, deu ênfase à contratação dos novos agentes: “Hoje demos mais um passo significativo na direção de uma política de qualidade com a contratação de 547 novos policiais, dos quais 156 agentes de telecomunicações e 391 agentes policiais para os quadros da Polícia Civil do Estado de São Paulo”, destacou.

Por fim o governador de SP, Geraldo Alckmin, cumprimentou os presentes e deu as boas vindas aos novos “homens e mulheres da lei”. Destacou a importância das duas carreiras dentro da instituição e falou das diversas medidas que vem adotando na área da Segurança Pública, a qual sempre foi uma das grandes prioridades do seu governo.

Curso de Formação

O diretor da Academia de Polícia (Acadepol), Mario Leite de Barros Filho, explicou que os novos policiais vão fazer o curso de formação técnico-profissional e, em seguida, serão disponibilizados para trabalhar nas unidades de base territorial, ou seja, no Decap, no Demacro e nos Deinters. “Esses novos policiais civis foram contratados para reforçar a luta contra a criminalidade e a violência”, afirmou.

Mario Leite disse ainda que durante a formação, os empossados terão aulas de investigação criminal, bom atendimento à população, direitos humanos, inteligência, armamento e tiro, entre outras: “Enfim, sairão bem preparados para prestar serviços de qualidade à população”, concluiu.


Wilson Elias

Leia mais... | Mais 4737 bytes
Noticias em Geral : Policiais civis de Registro apreendem 4.530 porções de drogas com três traficantes e uma adolescente
31/01/2014 19:40:50 (778 leituras)

Em duas ações, a primeira dia 28 e a segunda dia 30, quatro policiais civis da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Registro prenderam três traficantes e apreenderam uma adolescente e 4.530 porções de cocaína, maconha e crack.

Na manhã dessa quinta-feira, uma denúncia anônima levou uma das duplas de policiais a fazer campana perto de uma casa de cor laranja, na Rua Venezuela, em Vila Ribeirópolis, Registro, descrita pelo denunciante como local de armazenamento de drogas gerenciado por traficantes da Baixada Santista.

Assim que M.M.F.O., 18 anos, R.F.G.S., 20, ambos desempregados, e a adolescente L.P.T., de 16 anos, chegaram ao portão da casa, os policiais os abordaram. Os três logo confessaram que havia drogas na casa. Em um dos quartos e na pia da cozinha foram localizados 2.696 eppendorfs (cápsulas) e quatro saquinhos com cocaína (3,1 kg), 1.078 pedras de crack, 61 porções de maconha e outros três sacos com a mesma droga (2,7 kg), duas balanças, rolos de papel filme, lâminas para barbear, cadernos com anotações do tráfico, 24 frascos plásticos e dois celulares.

R.S., que era procurado da Justiça por roubo cometido em Santos, e M.O. foram recolhidos à Cadeia Pública de Miracatu e a adolescente, à Casa de Custódia de Juquiá, todos acusados de tráfico e associação para o tráfico de drogas e eles ainda por corrupção de menor.

Dois dias antes, na terça-feira, a outra dupla da Dise flagrou a cobradora C.S.S., de 47 anos, dentro de um ônibus no Terminal Rodoviário da cidade de Miracatu, cujo trajeto era Santos-Registro, com 300 porções de maconha, 157 pedras de crack, 238 eppendorfs com cocaína e 165 embalagens plásticas em sua bolsa. Com ela, foram ainda apreendidos dois celulares e R$ 81,50.

C. contou aos policiais que entregaria as drogas para um desconhecido e que pelo transporte receberia R$ 400,00. Ela foi indiciada por tráfico de drogas e encaminhada à Cadeia Pública de Sete Barras.


Por Kerma Matos Oliver

Fotos: Dise de Registro

Noticias em Geral : Policiais civis do Deic prendem três em ações contra receptação de peças
31/01/2014 09:55:26 (875 leituras)

A Polícia Civil realizou duas ações importantes para combater o comércio ilegal de peças automotivas. Integrantes da 3ª Divecar (Delegacia de Investigações sobre Desmanches Ilegais) e do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), ambas do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), detiveram pessoas desmontando um carro roubado e também interceptaram um caminhão carregando carcaças de motos sem procedência - uma delas pertencia a uma Suzuki furtada. Os trabalhos aconteceram em Santo André e na área conhecida como “boca das motos” em Campos Elíseos, região central da Capital.

Segundo o delegado Renato Porto, titular da Divecar (Divisão de Investigações sobre Furto e Roubo de Veículos e Cargas), o objetivo das ações é não permitir a comercialização de peças de origem ilícita. “Uma consequência importante é que diminuímos pontos onde os responsáveis pelos roubos e furtos podem negociar os veículos”, comentou Porto.

Em Santo André, os policiais do Garra prenderam os ajudantes que desmanchavam uma picape Fiat Adventure, roubada horas antes. A vítima reconheceu um dos detidos como envolvido também no roubo.

Na “boca das motos” foi detido o comerciante G.N.S., de 46 anos. Ele transportava carcaças de motos. A abordagem aconteceu na Rua dos Guaianazes. As numerações dos chassis estavam raspadas, mas em uma peça, a equipe da 3ª Divecar utilizou técnicas de identificação veicular e conseguiu constatar a condição de produto de furto.

O preso acabou autuado por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.


Por Maurício Rodrigues - Assessoria de Comunicação do Deic

Noticias em Geral : Último dia de inscrição para 788 vagas de escrivão de polícia
31/01/2014 09:47:46 (1072 leituras)

Terminam nesta sexta-feira (31) as inscrições para o concurso de 788 vagas de escrivão de polícia. Os interessados tem até as 16 horas para efetivar a inscrição e concorrer a uma das vagas no site: www.vunesp.com.br. A taxa é de R$ 63,92.

Os candidatos devem ler atentamente o edital, ter idade igual ou superior a 18 anos e nível superior em qualquer área, em estabelecimentos de ensino oficial.

O escrivão de polícia tem o total de vencimentos a partir de R$ 3.278,20 (três mil, duzentos e setenta e oito reais e vinte centavos), correspondentes à soma dos valores do salário-base e da Gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial – RETP.

O concurso será composto de seis fases: prova preambular, prova escrita, prova de aptidão psicológica, prova de aptidão física, investigação social e prova de títulos.

A prova preambular está prevista para o dia 16 de março de 2014, em Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo (capital e Grande São Paulo) e Sorocaba.


Wilson Elias

Leia mais... | Mais 1972 bytes
« 1 ... 38 39 40 (41) 42 43 44 ... 335 »
Ultimas prisões - operações - apreensões
Creative Commons License
O conteúdo deste site esta licenciado sob (This work is licensed under a) Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil License.
Permitida a reprodução, apenas se citadas a fonte e autoria
-
Enviar por email Comunicar erros Receber Boletim Imprimir Mapa do site
RSS
Polícia Civil do Estado de São Paulo - R. Libero Badaró 39 - São Paulo/SP - CEP 01009-000