|
NOTÍCIAS
|
PRISÕES
|
FALE CONOSCO
|
FONES E ENDEREÇOS
|
Login
|
 
Enviar por email Comunicar erros Receber Boletim Imprimir
Contraste
Mapa do site
RSS
Menu
Seu IP
54.196.225.45
ec2-54-196-225-45.compute-1.amazonaws.com
Woodbridge - United States - NA
Latitude : 40.552501678467
Longitude : -74.291496276855
Seu Browser
CCBot/2.0 (http://commoncrawl.org/faq/)
QR code
http://www2.policiacivil.sp.gov.br/x2016/modules/news/index.php?storytopic=1&start=20

« 1 (2) 3 4 5 ... 261 »
Noticias em Geral : Polícia Civil recupera mais de 800 quilos de carne em Campinas
16/10/2014 19:08:57 (462 leituras)

Policiais civis da 1ª Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Campinas (SP) recuperaram nesta terça-feira (14), mais de 800 quilos de carne roubada na cidade de Hortolândia, em um açougue localizado no Jardim São Pedro, na cidade campinense.

A ação policial começou no momento em que a equipe recebeu informação de que no estabelecimento comercial estava a carga roubada por meio de um sistema de rastreamento. A equipe foi ao local e tentou prender o proprietário, sem sucesso. 

Segundo dois funcionários da casa de carnes, o produto alimentício foi levado ao local, no último sábado (11), por um funcionário de um mercado próximo, cujo dono foi ouvido e liberado. 

O proprietário do açougue já foi identificado, mas não foi localizado.

Além do alimento, houve a apreensão de uma caminhonete com  o chassi adulterado, 38 cartuchos calibre 38 localizados no escritório do açougue, bem como de um notebook, 43 cartuchos calibre 762 , com a aparência de festim, 21 simulacros de plástico, uma carabina, uma pistola semi-automática e 15 cartuchos íntegros, pertencentes ao proprietário do mercado. 

Segundo informações dos agentes todas as armas tiveram documentação de origem exibida.

O delegado de polícia, Sandro Eduardo Jonasson informou que: "As investigações prosseguem para que o caso seja devidamente esclarecido e os criminosos presos." 


Adriana Ferrari - Setor de Imprensa

Assistência Policial da Comunicação Social (APCS) - Delegacia Geral de Polícia Adjunta - (DGPAd)

Noticias em Geral : Polícia Civil liberta bolivianos que trabalhavam em condições análogas à escravidão
16/10/2014 18:41:00 (545 leituras)

A Polícia Civil libertou 20 bolivianos que trabalhavam em duas confecções, em condições análogas à escravidão, na manhã desta quinta-feira (16), em Cidade Ademar, na zona sul da Capital. Dois homens foram presos nos locais.

Um boliviano que trabalhava em uma das confecções conseguiu voltar ao país de origem e fez a denúncia. O Consulado da Bolívia em São Paulo informou aos investigadores do 43º Distrito Policial (Cidade Ademar).

A equipe encontrou as duas casas que funcionavam como confecções. Segundo a Polícia Civil, além de cumprirem jornadas exaustivas de trabalho, os estrangeiros também viviam nos locais insalubres, em condições sub-humanas.

Os administradores das confecções foram detidos e indiciados pelo artigo 149 do Código Penal – reduzir alguém a condição análoga à de escravo. Um deles ainda responderá por um agravante, já que adolescentes também trabalhavam.

Além de administrarem os locais, os presos também são apontados pelo aliciamento dos bolivianos. Os dois detidos possuem Registro Nacional de Estrangeiro (RNE) e, na Bolívia, poderão responder por tráfico de pessoas.

Os 20 estrangeiros moravam nas confecções com seus filhos. Além deles, a Polícia Civil também libertou cerca de oito crianças.


Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública

Noticias em Geral : Polícia Civil estoura desmanche no grande ABC e prende oito pessoas
16/10/2014 17:18:33 (1439 leituras)

A Polícia Civil prendeu oito homens envolvidos no desmonte de carros furtados. A ação foi realizada na tarde desta quarta-feira (15) em Santo André, no Grande ABC. O bando foi detido por policiais do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos) do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) que apuravam informações sobre uma picape Saveiro furtada. O veiculo estava no local. A equipe também apreendeu peças de outros automóveis com queixa de furto. 

A equipe do Garra apurava informações do veículo quando chegou ao comércio de peças que funciona na rua do Oratório, no Jardim Ana Maria. Um homem, identificado como R.S.R, percebeu a movimentação e fugiu. Mas deixou os documentos no local. Os policiais conseguiram deter os outros oito. Entre eles estava o comerciante F.A. de A, dono da empresa. 

As buscas permitiram encontrar peças da Saveiro e de um Gol também com queixa de furto. Os policiais constataram que o local tinha cobertura de três bloqueadores de sinais. Os equipamentos evitavam a ação dos rastreadores instalados nos veículos. As equipes do Garra também encontraram rádios transmissores.  

O comerciante ofereceu R$ 30 mil para evitar as prisões. Mas todos os detidos foram encaminhados à 3ª Divecar (Delegacia de Investigações sobre Desmanches Ilegais). O bando acabou autuado por receptação e formação de quadrilha. 

Assessoria de Comunicação do Deic

Noticias em Geral : Delegado Geral é homenageado pela Sociedade Brasileira de Heráldica e Humanística
16/10/2014 08:23:02 (534 leituras)


O  delegado geral, Luiz Mauricio Souza Blazeck, foi homenageado pela Sociedade Brasileira de Heráldica e Humanística, Ecológica, Medalhística, Cultural, Beneficente e Educacional, no último dia 7, pelos relevantes serviços prestados à população paulista, no Palácio da Polícia Civil . O presidente nacional e grão-mestre do sodalício Dom Galdino Cocchiaro entregou a condecoração grã-colar à autoridade que adquiriu também o título de comendador da Ordem do Mérito Cívico e Cultural.





O chanceler-arauto J.B.Oliveira saudou todos os participantes presentes e contou um pouco sobre a história  da instituição. Ele  afirmou que “a nossa segurança depende diretamente dos policiais, nada mais justo que homenagear o delegado geral, exemplo de dignidade. É um homem que presta excelente serviço ao nosso Estado e ainda encontra tempo para executar serviço voluntário, ajudando as crianças com câncer.” 

O delegado geral ficou emocionado com a honraria recebida: “Agradeço a todos. O homem não espera reconhecimento , nem gratidão, mas quando acontece isso, lava a nossa alma e a de todos que já se foram. A homenagem não é só minha, mas também à minha história de vida ;  é a continuação da história dos meus pais. Cabe a mim a missão de repassar as boas experiências  e circunstâncias que integram as histórias de várias pessoas. Com imensa gratidão continuarei sempre lutando pela defesa da sociedade. Muito obrigado a todos”.

Além das autoridades citadas, estiveram presentes na solenidade: o delegado geral de polícia adjunto, Valmir Eduardo Granucci; o chefe de gabinete do delegado geral, Adolfo Domingos da Silva Júnior;  os comendadores Samir Assad Nassbine, prefeito de Terra Roxa, Osvaldo Nico Gonçalves (delegado da Polícia Civil); Francisco Rodrigues Corrêa (ex-prefeito de Salesópolis); Leonardo Militteli; José Theodoro de Souza; Marco Zellmeister; José Roberto de Arruda (delegado de polícia); Paulo César Guiselini (vereador de Terra Roxa); Luiz Roberto Pereira de Arruda (delegado de polícia), Dawis Villar (fotógrafo oficial da instituição), entre outras.

Sociedade Brasileira de Heráldica e Humanística Ecológica, Medalhística, Cultural, Beneficente e Educacional

Fundada em 13 de março de 1959, sob a inspiração do heraldista comendador Enzo Silveira, a instituição sem fins econômicos e lucrativos, atualmente presidida pelo comendador grão-colar  Dom Galdino Cocchiaro.

A entidade foi oficializada em 1965, por meio  da portaria nº  153, assinada em 04 de junho e publicada no Diário Oficial da União.

A Sociedade tem como objetivo, dentre diversas atividades culturais, educacionais, ecológicas, cívicas, filantrópicas e honoríficas, a orientação heráldica e vexilológica à organizações militares e civis quando na concepção de seus brasões e escudos de armas, bandeiras, símbolos e uniformes, além de literalmente ingerir na “reconstrução” de centenas de brasões e escudos de armas de municípios brasileiros, que se encontram em desacordo comas leis internacionais e as convenções da Ciência e da Arte.
 
A heráldica refere-se simultaneamente à ciência e à arte de descrever os brasões de armas ou escudos. As origens da heráldica remontam aos tempos em que era imperativo distinguir os participantes das batalhas e dos torneios, assim como descrever os serviços por eles prestados e que eram pintados nos seus escudos. No entanto, é importante notar que um brasão de armas é definido não visualmente, mas antes pela sua descrição escrita, a qual é dada numa linguagem própria – a linguagem heráldica.

E a vexilologia é o estudo das bandeiras, estandartes e insígnias e das suas simbologias. 

Adriana Ferrari - Setor de Imprensa                     Fotos: Eliane Velloso    

Assistência Policial da Comunicação Social (APCS) - Delegacia Geral de Polícia Adjunta (DGPAd)

Noticias em Geral : Policiais civis aposentados são homenageados
15/10/2014 17:30:00 (1325 leituras)

Na última quinta-feira (9), treze policiais civis que trabalhavam no Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e se aposentaram devido à lei complementar federal144/2014 (aposentadoria compulsória aos 65 anos) receberam homenagem de sua diretora Elisabete Ferreira Sato Lei, por meio de uma placa de agradecimento pelos excelentes serviços prestados à sociedade. 
Os homenageados foram os delegados de polícia Itagiba Antonio Vieira Franco; José Aparecido dos Reis; Francisco Missassi; Plínio Sales; os investigadores José Luciano; Irani do Prado; Álvaro de Carvalho Pinho; George Doppler; José Tadeu da Silva; Waldir Carvalho; o escrivão, Jurandir Beverari; o agente policial, Jaime Gomes Ferreira e Laerte Ferraz.
 
O primeiro homenageado foi o escrivão de polícia Jurandir Beverari que foi lembrado por  ser amigo, bem humorado, e por ter dedicado toda sua vida à instituição. 

Depois foi a vez da investigadora Irani do Prado receber a placa e ser elogiada pelo desempenho de suas atividades no exercício policial. 

José Luciano foi agraciado com a homenagem, sendo citado por ser um chefe dos investigadores dedicado e cortês no tratamento tanto com o público interno quanto externo. 

Na sequência, os investigadores Álvaro de Carvalho Pinto e George Doppler receberam a homenagem. Seu colega de trabalho, Antonio Santos afirmou: “Tenho orgulho de me dirigir a dois amigos, companheiros com traços marcantes de honestidade, cumpriram seus deveres da melhor forma possível, não aceitando nunca casos sem solução. São verdadeiros agentes da lei”. 

Vania Passos Albuquerque Vaz saudou o investigador de polícia José Tadeu da Silva, com as seguintes palavras: “Você passou pela Polícia Civil e deixou marcas. Hoje só podemos te agradecer.” 

O próximo homenageado foi o investigador Waldir Carvalho que foi elogiado pelo bom desempenho de suas funções, seguido do agente policial Jaime Gomes Pereira citado como amigo leal, verdadeiro e funcionário batalhador.

O investigador de polícia Francisco José Pereira homenageou o delegado Plínio Sales afirmando que ele sempre foi um policial dedicado e respeitado. A autoridade retribuiu o carinho agradecendo a todos: “Quero parabenizar pela feliz iniciativa, sinto-me honrado. Saio daqui muito contente com o sentimento de dever cumprido”. 

O delegado de polícia Francisco Missaci foi elogiado pela sua generosidade com colegas de todas as carreiras e pela sua rara sensibilidade social, com perfil humanista e ensinamentos deixados, bem como por ter valores morais e intelectuais ímpares. 

O penúltimo a ser agraciado foi o delegado de polícia José Aparecido dos Reis. Ele foi lembrado pela sua humildade. Após receber a placa, afirmou: “Agradeço ao pai eterno. Se começasse tudo de novo, faria exatamente igual. Obrigado a todos.” 

O último a ser homenageado foi o delegado de polícia Itagiba Antonio Vieira Franco que foi citado pelo seu esforço e intenso amor pela profissão. O diretor da Corregedoria Geral da Polícia Civil, Nestor Sampaio Penteado Filho, fez questão de prestar homenagem à autoridade e amigo de longas datas. Ele disse: Tive o prazer de começar a carreira na equipe  do Dr.Itagiba entre 1988 e 1989. Ele possui todos os predicados morais, é talentoso desvendou diversos crimes misteriosos, além de amigo de todas as horas. Doutor, você está no meu coração.” 

O diretor do Departamento de Capturas e Delegacias Especializadas (Decade), Marco Antonio Desgualdo solicitou a palavra:“Itagiba, você esteve à frente de casos importantes, é um grande homem, honesto, profissional que dignifica a Polícia Civil. Obrigado por ser meu amigo.”

O escrivão Jarim Lopes Roseira corroborou com a opinião das autoridades. Ele afirmou “que Itagiba sempre se dedicou de corpo e alma à instituição, desde a época em que foi escrivão de polícia. Após aprovado na carreira de delegado nunca perdeu a humildade. Ele só me trouxe orgulho” 

Itagiba Vieira Franco afirmou: “Hoje é um dia que não vou dizer de tristeza, mas de sentimento de dever cumprido. Tenho orgulho de ter trabalhado com grandes policiais. Sempre me dediquei a fazer o melhor. Quero agradecer a todos os amigos e também a família que sempre entendeu a dificuldade da profissão e me apoiou em todos os momentos,acompanhando sempre minha carreira. Se hoje saio da Polícia Civil, esta a instituição nunca sairá do meu coração”, finalizou. 

Na ocasião, os delegados de polícia José Esperto e Francisco Basile, que estavam presentes,também foram lembrados. 

Ao término do evento,o delegado geral de polícia, Luiz Mauricio Souza Blazeck, disse: Quero saudar a diretora Elisabeth Sato pela ótima iniciativa e fazer homenagem a todos que aqui falaram com o coração e com alma. Agradeço ao plano de vida de cada um desta instituição. Gostaria neste momento de parafrasear Rui Barbosa: “o Homem é o exemplo de seu trabalho" e vocês honraram exatamente isso. Esta instituição está de portas escancaradas para os senhores, em nome do Conselho da Polícia Civil (CPC) e do secretário da Segurança Pública. 


Adriana Ferrari – Setor de Imprensa

Assistência Policial da Comunicação Social – Delegacia Geral de Polícia Adjunta (DGPAd)

Leia mais... | Mais 8410 bytes
Noticias em Geral : Polícia Civil de Rio Preto localiza seis tijolos de crack e prende três traficantes
14/10/2014 18:56:25 (616 leituras)

Policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de São José do Rio Preto (Deinter 5) prenderam nesta terça-feira (14), três jovens suspeitos de tráfico de entorpecentes.

Os policiais vinham monitorando a ação de J.G.V.A., que estava sendo investigado por armazenar drogas numa casa localizada na Vila Elmaz. Os investigadores descobriram que alguns indivíduos estavam reunidos na residência para planejar venda e distribuição de drogas e foram até o local.

Ao ingressarem na casa, os policiais abordaram o próprio J.G.V.A, de 24 anos, P.P.O.J. de 22 e W.M.R. de 24. Após revistarem o imóvel, localizaram seis tijolos de crack de vários tamanhos, diversas porções fracionadas do mesmo entorpecente e uma balança digital.

O trio foi conduzido à DIG e preso em flagrante por tráfico de drogas e associação ao tráfico. O primeiro detido tem passagens por furto e receptação. Os demais não tinham antecedentes criminais.


Fonte/foto: Deinter 5 – São José do Rio Preto                                                             Wilson Elias

Noticias em Geral : “Sou da Paz” divulga finalistas da 6ª edição do Prêmio Polícia Cidadã
14/10/2014 17:29:15 (918 leituras)

A população pode participar com o voto popular e escolher a melhor ação contra roubos

A partir desta terça-feira (14) a população já pode escolher uma das 16 ações de policiais civis, militares e técnico-científicos que foram selecionadas como finalistas da 6ª edição do Prêmio Polícia Cidadã.

O tema deste ano foi a redução de roubos. A iniciativa do “Instituto Sou da Paz” recebeu inscrições de 65 ações que procuram contribuir com melhorias na Segurança Pública do Estado de São Paulo.

“O tema foi escolhido justamente por representar um dos principais desafios atuais da segurança pública no Estado, na medida em que este crime impacta fortemente a sensação de segurança da população, atinge todas as classes sociais, regiões, e segue em patamares muito elevados tanto na Capital como em todo o Estado, com aproximadamente 257 mil registros anuais”, observou Ivan Marques, diretor executivo do Sou da Paz.

As 16 ações finalistas foram pré-selecionadas por uma comissão externa composta por especialistas em segurança pública e policiais de outros Estados, que receberam a visita de uma equipe do Instituto Sou da Paz e se destacaram principalmente pela proximidade com a comunidade, análise de dados e uso de tecnologia no desenvolvimento das atividades policiais.

O voto popular estará ativo para a população a partir do dia 14 de outubro e vai até o dia 30 de novembro. A ação mais votada pelos cidadãos receberá um prêmio na cerimônia que será realizada no dia 10 de dezembro no Teatro Municipal de São Paulo. Na mesma ocasião serão anunciadas as três ações mais bem avaliadas que receberão prêmios no valor de R$ 40 mil.

O Prêmio Polícia Cidadã chega à sua sexta edição e já premiou 34 ações e mais de 180 policiais.

Conheça os 16 projetos finalistas e vote:

http www.soudapaz.org/premiopolicia/voto-popular


Fonte: Instituto Sou da Paz                                                                                   Wilson Elias

Leia mais... | Mais 3647 bytes
Noticias em Geral : Corretor é preso ao tentar vender carro roubado pela internet
10/10/2014 08:35:21 (865 leituras)

A Polícia Civil investiga um esquema de venda de carros de procedência ilícita por meio de anúncios em um site de vendas na internet. Um corretor, que se preparava para negociar um GM Ônix roubado, foi preso no final da manhã desta quinta-feira (9), no bairro de Santa Cruz, zona sul da Capital.

Policiais civis da Delegacia de Investigações sobre Desmanches Ilegais), do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), realizavam diligências pela Rua Maestro João Batista Julião, quando perceberam adulterações no veículo.

Os policiais passaram a observar o local e viram quando o interessado e um vistoriador chegaram para examinar o carro. Os dois verificaram a parte externa do automóvel. A abordagem foi feita quando o corretor W.O.O.A., de 44 anos, chegou ao local e abriu o carro.

A equipe encontrou um documento falsificado com o corretor. O interessado disse que ficou sabendo da venda do veículo por meio de um site. O Ônix tinha sido anunciado por R$ 31 mil, quando o preço de tabela é R$ 37 mil. A equipe da 3ª Divecar tentou localizar a oferta no site, mas o anúncio foi retirado.

O carro tinha queixa de roubo desde o dia 11 de setembro, em Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. O suspeito não revelou de quem comprou o veículo, mas admitiu ter pago R$ 2,5 mil e mais R$ 1,5 mil pelas placas e documentação falsas.

O corretor foi autuado por receptação e falsificação de documentos.


Assessoria de Comunicação do Deic

Noticias em Geral : Denarc apreende 500 kg de maconha e prende tailandesa com 1,5 kg de cocaína
30/07/2014 14:40:00 (1737 leituras)

A Polícia Civil apreendeu, na tarde desta terça-feira (29), cerca de 500 kg de maconha. Em outra ocorrência, prendeu uma tailandesa que viajaria para o exterior com 1,5 kg de cocaína na bolsa.

Durante diligências, uma equipe da 2ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Entorpecentes (Dise), do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), abordou uma Kombi na zona leste da Capital.

O motorista do veículo fugiu. Na Kombi, os policiais encontraram aproximadamente 500 kg de maconha. O entorpecente ainda será pesado e periciado pelo Instituto de Criminalística (IC).

Em outra ocorrência, uma equipe da 1ª Delegacia da Dise flagrou uma tailandesa tentando viajar ao exterior com cerca de 1,5 kg de cocaína na bolsa. A mulher foi presa.

Imprensa

A diretora do Denarc, Elaine Maria Biasoli, concederá entrevista sobre os casos às 18 horas de hoje (29), no departamento: Rua Rodolfo Miranda, 636, Bom Retiro, centro da Capital.


Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública

Leia mais... | Mais 1980 bytes
Noticias em Geral : Polícias prendem nove e recuperam carga avaliada em R$ 1 milhão
24/07/2014 08:20:00 (1678 leituras)

Durante ação conjunta, as polícias Civil e Militar de Guarulhos prenderam nove pessoas suspeitas de roubarem dois caminhões com uma carga de pneus avaliada em R$ 1 milhão. A ação foi na tarde desta quarta-feira (23), em Poá, na Grande São Paulo.

Os assaltantes roubaram os veículos em Guarulhos, também na Região Metropolitana de São Paulo, e seguiram para descarregar o material em um galpão no município de Poá.

Após o crime, as vítimas chamaram a polícia. Durante buscas, equipes da Delegacia Seccional de Guarulhos, em conjunto com a Polícia Militar, conseguiram descobrir a localização da quadrilha por meio do rastreador dos veículos.

Quando chegaram ao galpão, os policiais flagraram os suspeitos transferindo a carga dos dois veículos para outros dois caminhões menores. A carga e os caminhões foram apreendidos pelas equipes.

A ocorrência foi encaminhada para o 9º DP de Guarulhos, onde será registrada.


Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública

Noticias em Geral : Polícia Civil prende 2º suspeito da morte de PM em Suzano
21/07/2014 13:10:00 (1576 leituras)

A Polícia Civil prendeu na manhã desta segunda-feira (21) o último acusado de participar da morte do policial militar Rodrigo de Lucca da Fonseca, no mês passado. D.W.S. foi detido em Itanhaém, na Baixada Santista.

Policiais civis do 3º Distrito Policial de Mogi das Cruzes investigavam a morte do PM e descobriram a localização do homem. Outro suspeito, D.A.C., de 21 anos, já havia sido preso no final do mês passado.

O delegado Alexandre Batalha concederá entrevista coletiva para falar sobre as investigações e a prisão do indiciado, às 16h desta segunda-feira (21), na sede da Seccional de Mogi das Cruzes.

O caso

O policial Rodrigo de Lucca, de 28 anos, foi dado como desaparecido no dia 20 de junho. Ele trabalhava na equipe da Força Tática do 17º Batalhão Metropolitano (17º BPM/M) e foi abordado por dois suspeitos ao chegar em casa, em Mogi.

O carro da vítima foi encontrado no dia seguinte, dentro de um córrego em Suzano. No dia 24, o corpo do PM foi encontrado por alguns operários de uma obra, na Estrada Epilândio, na mesma cidade.

Após investigações, a Polícia Civil chegou até D.A.C., que foi preso no dia 26, em Poá. D.W.S. havia sido identificado como o outro autor do crime, porém estava foragido até então.

Serviço

Entrevista coletiva

Quem: Alexandre Batalha, delegado titular do 3º DP de Mogi das Cruzes

Quando: Hoje (21), às 16h

Onde: Sede da Seccional, na Avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco, nº 830, centro de Mogi. 


Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública

Noticias em Geral : Polícia Civil detém homem com carro roubado na Capital
16/07/2014 20:50:00 (1660 leituras)

A Polícia Civil investiga o envolvimento do ajudante M.S.M., de 38 anos, em sequestro-relâmpago. O homem foi preso na noite de terça-feira (15), na Avenida Nossa Senhora do Sabará, no bairro de Campo Grande, zona sul da Capital.

Integrantes da 3ª Divecar (Delegacia de Investigações sobre Desmanches Ilegais), do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), realizavam diligências quando flagraram o suspeito realizando manobras arriscadas com um Fiat Punto roubado.

Na abordagem, o acusado chegou a sacar um revólver, mas foi detido. “Constatamos que o dono do carro ficou refém. Vamos chamá-lo para fazer o reconhecimento”, disse o delegado Jorge Esper, da 3ª Divecar.

Segundo Esper, o preso tem extensa ficha criminal, com passagens por homicídio e roubo. O detido responderá por receptação, porte de arma e resistência.


Assessoria de Imprensa do Deic

Noticias em Geral : Polícia Civil prende quatro integrantes da Mancha Alvi Verde
11/07/2014 14:50:00 (1581 leituras)

Quatro integrantes da torcida uniformizada Mancha Alvi Verde foram presos pelo Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), em operação realizada na manhã de quinta-feira (10), na Capital, Santos, Santo André, Barueri e Taboão da Serra.

Os acusados, investigados pelos crimes de associação criminosa, roubo e lesão corporal dolosa, tiveram decretada a prisão temporária de 30 dias pela Justiça de Santos, no inquérito policial de número 42/2014.

Estão presos D.M.S., G.R.C., D.M.M. e L.J.M. O quinto acusado, C.H.S., não foi localizado em Santos e é considerado foragido da Justiça. Os policias do DHPP cumpriram, ainda, 10 mandados de busca e apreensão em residências e sede da torcida, em Perdizes, zona oeste da Capital, onde apreenderam documentos e computadores.

A investigação começou depois que um jornalista e blogueiro foi emboscado e atacado por membros da torcida, após a partida entre Santos e Palmeiras, em 23 de março. Na ação, a vítima sofreu lesões corporais graves e teve o celular roubado. O aparelho estava com D.M.S. e foi recuperado durante a prisão.

Durante as investigações da Delegacia de Polícia de Repressão e Análise aos Delitos de Intolerância Esportiva (Drade), D.M.S. chegou a coagir com ameaças de morte a vítima e a delegada Margarette Barreto, responsável pelas investigações.

As ameaças são investigadas no inquérito policial 51/2014 e motivaram os pedidos pelas prisões e mandados de busca e apreensão para impedir prejuízos à investigação.

A operação teve a participação das equipes da Drade, da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), de delegacias das divisões de Homicídios e Antissequestro, do Grupo Especial de Resgate (GER) e da Unidade de Inteligência Policial (UIP), todos do DHPP.

Além da Polícia Civil, fiscais da Secretaria Estadual da Fazenda acompanharam a diligência na sede da torcida Mancha Alvi Verde, fizeram anotações de interesse fazendário e irão notificar os dirigentes para análise da escrituração fiscal do estabelecimento comercial mantido pela entidade.

Imprensa

Uma coletiva de imprensa será concedida às 16 horas, no DHPP: Rua Brigadeiro Tobias, 527, centro da Capital.


Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública

Noticias em Geral : Governador Geraldo Alckmin nomeia 244 escrivães de polícia
04/07/2014 20:50:00 (1832 leituras)

O governador Geraldo Alckmin nomeou 244 escrivães, aprovados em concurso público, para reforçar o efetivo da Polícia Civil. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (4).

Os escrivães preencherão vagas remanescentes. Após a nomeação, os 244 futuros policiais tomarão posse e iniciarão o curso de formação na Academia de Polícia Civil Dr. Coriolano Nogueira Cobra (Acadepol).

Após a formação, os alunos passarão por um período de estágio probatório e serão designados para unidades da Polícia Civil de acordo com a classificação final do curso na Academia e da necessidade de cada região.

Valorização

Também nesta sexta-feira, o governador sancionou a lei complementar que reajusta o salário dos policiais militares, civis e científicos, além de conceder outros benefícios para as instituições.

Desde 2011, os investigadores e escrivães contam com 55,5% de aumento - já considerando todos os adicionais por Nível Universitário. Deduzido a inflação do período, isso propicia um ganho real de 29,9%.

Concursos

Além dos já nomeados, outros 788 escrivães serão selecionados em outro concurso público já em andamento. Para reforçar os quadros da Polícia Civil e Técnico-Científica, o Governo do Estado fará contratações recordes.

Por meio do programa “SP Contra o Crime”, mais 10 concursos públicos estão em processo para contratar 1.384 investigadores, 129 delegados, 89 atendentes de necrotério, 600 oficiais administrativos, 447 peritos, 140 médicos legistas, 84 técnicos de laboratório, 120 fotógrafos, 55 desenhistas e 145 auxiliares de necropsia.


Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública

Noticias em Geral : Governador anuncia BO unificado e videomonitoramento
04/07/2014 16:20:39 (2573 leituras)

Nesta quinta-feira (3), no Palácio dos Bandeirantes, o Estado de São Paulo ganhou mais dois projetos aliados no combate à criminalidade. Os anúncios foram feitos pelo governador Geraldo Alckmin diante de uma plateia lotada composta de diversas autoridades e empresários.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, “O Boletim de Ocorrência unificado tem o objetivo de agilizar o registro dos casos e o trabalho das Polícias Civil, Militar e Científica. A iniciativa permitirá que todo policial inicie a elaboração de um BO em um sistema unificado de ocorrência, que será digital. O registro será finalizado pelo delegado responsável, que complementará e poderá retificar as informações que julgar necessárias”. Para tanto, foi elaborado um projeto de lei com a criação do sistema, que terá uma única numeração, tanto para ocorrências originadas na Polícia Civil, quanto na Militar, além da possibilidade de acesso às informações pela Justiça e pelo Ministério Público. Nesta tarde, o PL foi encaminhado à Assembleia Legislativa.

O outro projeto, do Sistema Metropolitano de Videomonitoramento, prevê a integração de 2.629 câmeras de vídeo com tecnologia para reconhecer veículos, controlar o trânsito do local e fazer identificação facial, em 55 municípios do Estado. Também será possível compartilhar imagens e informações relevantes, tais como problemas de iluminação pública, por exemplo. A iniciativa irá facilitar a prevenção e a redução da violência, contribuindo para o planejamento de políticas de segurança pública adaptadas para cada realidade.

O delegado geral de polícia, Luiz Mauricio Souza Blazeck, compareceu ao evento, bem como muitos dos diretores de departamentos da Polícia Civil. Também prestigiaram a cerimônia representantes da Assembleia Legislativa, como o deputado Fernando Capez; secretários de estado, como Fernando Grella Vieira, da Segurança Pública; prefeitos; membros do Ministério Público; entre outros.


por Rina Ricci

« 1 (2) 3 4 5 ... 261 »
Ultimas prisões - operações - apreensões
Creative Commons License
O conteúdo deste site esta licenciado sob (This work is licensed under a) Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil License.
Permitida a reprodução, apenas se citadas a fonte e autoria
-
Enviar por email Comunicar erros Receber Boletim Imprimir Mapa do site
RSS
Polícia Civil do Estado de São Paulo - R. Libero Badaró 39 - São Paulo/SP - CEP 01009-000