|
NOTÍCIAS
|
PRISÕES
|
FALE CONOSCO
|
FONES E ENDEREÇOS
|
Login
|
 
Enviar por email Comunicar erros Receber Boletim Imprimir
Contraste
Mapa do site
RSS
Menu
Seu IP
54.242.8.162
ec2-54-242-8-162.compute-1.amazonaws.com
Ashburn - United States - NA
Latitude : 39.043701171875
Longitude : -77.487503051758
Seu Browser
CCBot/2.0 (http://commoncrawl.org/faq/)
QR code
http://www2.policiacivil.sp.gov.br/x2016/modules/news/index.php?storytopic=1&start=495
RSS


« 1 ... 22 23 24 (25) 26 27 28 ... 186 »
Noticias em Geral : Foragido de alta periculosidade é detido em Araçatuba
26/09/2013 18:16:03 (412 leituras)

Policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Araçatuba prenderam um foragido do Centro de Detenção Provisória (CDP) da cidade de Piracicaba (SP)  e membro de uma conhecida facção criminosa, na tarde desta terça-feira (24). Trata-se do autônomo M.A., de 30 anos.

M. foi autuado em flagrante por uso de documento falso, no apartamento de um condomínio no bairro Antônio Vilela, em Araçatuba. Ao ser abordado, ele apresentou um RG com nome de outra pessoa e com uma foto dele. Os policiais desconfiaram da procedência do objeto.

Por meio de pesquisa efetuada no banco de dados da Polícia Civil, a equipe descobriu que a cédula de identidade foi clonada de um homem negro, sendo que o foragido é branco e possui olhos verdes.

Conforme o delegado de polícia titular daquela especializada, Marcelo Curi, o foragido foi encontrado a partir de um registro de um boletim de ocorrência feito no último dia 13, de apropriação indébita de um carro Fiat Marea. A vítima, proprietária do veículo, mantinha relacionamento amoroso com o mesmo há dois meses.

Policiais civis apuraram que o acusado tem diversas passagens pela polícia, sendo considerado um criminoso de alta periculosidade.

Diante dos fatos, M confessou que havia escapado do presídio e que portava documento falso para não ser identificado. A Polícia Civil vai apurar se o indiciado praticou outros delitos em Araçatuba ou na região, onde estava escondido havia pelo menos dois meses.

Adriana Ferrari

Leia mais... | Mais 2223 bytes
Noticias em Geral : Jurista Ives Gandra apoia a Polícia Civil de São Paulo
26/09/2013 12:57:01 (645 leituras)

Senhores Policiais Civis,

Em nossa busca pela valorização das carreiras que integram a Polícia Civil contamos com mais uma manifestação de apoio. Desta feita, o jurista Doutor Ives Gandra da Silva Martins, dirigiu-se ao Excelentíssimo Senhor Governador do Estado, solidarizando-se com a pretensão de valorização da carreira jurídica para as Autoridades Policiais. O apoio do ilustre jurista é fundamentado em três pareceres, de sua lavra, demonstrando que sua convicção decorre de sólidos argumentos jurídicos, o que reforça, ainda mais, nosso empenho na empreitada para que se reconheça o trabalho realizado por todas as carreiras da Polícia Civil.

Atenciosamente, 


Luiz Mauricio Souza Blazeck
Delegado Geral de Polícia 




À Sua Excelência e Senhor
Geraldo José Rodrigues Alckmin Filho
Governador do Estado de São Paulo
Av.Morumbi-São Paulo-SP
CEP: 05650-905


        Sr. Governador, 


      Pela presente, venho manifestar a Vossa Excelência meu apoio ao pleito formulado pela Cúpula da Polícia Civil do Estado de São Paulo, no sentido de que seja reconhecido que a atividade desenvolvida pela autoridade policial na estrutura funcional do Estado, se qualifica como carreira jurídica. 

      Tal entendimento tive oportunidade de sustentar em, pelo menos, três  pareceres, que seguem anexos, dois deles já publicados nas Revistas Síntese de Direito Administrativo nº 81- setembro de 2012- p. 206-222 e IOB de Direito Administrativo- ano 1- nº 7- julho 2006- p.35-46. 

        Esse reconhecimento propiciará a verdadeira valorização das atividades policiais, fundamental para o funcionamento da organização institucional do Estado. 
        Aproveito a oportunidade para renovar a Vossa Excelência protestos de estima e consideração. 


         Atenciosamente, 



IVES GANDRA DA SILVA MARTINS

Noticias em Geral : Três fraudadores de CNH são detidos em Panorama
26/09/2013 12:30:00 (386 leituras)

A Polícia Civil finalizou nesta última segunda-feira (23) a Operação São Cristóvão de combate a fraude para renovação de carteiras de habilitação, na cidade de Panorama, distante 670 quilômetros da Capital. Na ação foram presas três pessoas em flagrante delito. Trata-se do instrutor de autoescola A.D.O.P., de 33 anos, M.O.P., de 50 e a secretária E.A.L.A., de 34.

As investigações, que começaram no último dia 18, apuraram que alguns candidatos a renovação de CNH e motoristas obrigados a fazerem o curso de reciclagem estavam sendo beneficiados durante a realização da prova. Conforme foi verificado, as pessoas que não conseguiam aprovação nos exames pagavam ao dono da autoescola a quantia que variava de R$ 50,00 a R$ 300,00, conforme o poder aquisitivo do interessado. Assim, no dia designado para a avaliação do candidato, um dos dois instrutores que fazia parte da fraude acompanhava o aluno e adentrava na sala de avaliações que é reservada exclusivamente ao candidato. Eles se posicionavam de modo que sua silhueta não fosse captada pela câmera que monitora a lisura do certame. Em seguida, liam as questões e repassavam as respostas ao candidato que se limitava a digitá-las no computador.

Policiais civis estimam que pelo menos 10 pessoas foram beneficiadas com o esquema fraudulento. Dois já foram identificados e serão notificados para prestarem esclarecimentos. Os envolvidos foram indiciados pela prática dos delitos de formação de quadrilha, falsidade ideológica e inserção de dados falsos em sistema de informações. As penas podem chegar até 20 anos de reclusão. Os indiciados foram encaminhados ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caiuá e a mulher ao presídio feminino de Tupi Paulista.

A equipe já encaminhou mensagem eletrônica ao Detran solicitando o bloqueio cautelar da autoescola onde ocorreram as fraudes. Com estas prisões, a Polícia Civil de Panorama espera que haja uma diminuição nos índices de acidentes de trânsito, principalmente aqueles com vítimas fatais.

Fonte: Deinter 8 - Presidente Prudente                                  Colaboração: Adriana Ferrari
Foto: portal oficial da Prefeitura de Panorama

Leia mais... | Mais 2882 bytes
Noticias em Geral : Juiz Corregedor do DIPO e ex-Juízes Corregedores apoiam a carreira jurídica dos Delegados de Polícia de SP
25/09/2013 17:50:00 (2367 leituras)

Prezados Policiais Civis,


A solidariedade às reivindicações institucionais adensa-se. Neste momento, empenhamo-nos na valorização da carreira jurídica e do nível universitário. A instituição que mais de perto conhece e avalia o trabalho desempenhado pela Polícia Civil em sua atividade fim é o Poder Judiciário. Além do Excelentíssimo Senhor Presidente do E. Tribunal de Justiça, também a Corregedoria de Polícia Judiciária do DIPO empresta apoio às nossas pretensões, conforme manifestou-se expressamente o Excelentíssimo Senhor Doutor Kleber Leyser de Aquino, atual Corregedor.

O Excelentíssimo Senhor Doutor Maurício Lemos Porto Alves, Desembargador aposentado e ex-Juiz Corregedor do DIPO, empenha-se em demonstrar a relevância da atividade desempenhada pela Polícia Civil, por todos os seus integrantes, e a necessidade do respectivo reconhecimento salarial. Igualmente importante é a manifestação da Excelentíssima Senhora Doutora Ivana David, Juíza de Direito Substituta em 2º Grau, que também atuou, com eficiência e dedicação, na mesma Corregedoria. Assim, em uníssono, a Egrégia Corregedoria do DIPO legitima nossas pretensões.

Acrescentamos que os apoios são à Polícia Civil e, como tal, a instituição manter-se-á coesa e comprometida com a legalidade na defesa da segurança pública da população, nos termos que lhe foi atribuído pela Constituição Federal.


Luiz Mauricio Souza Blazeck

Delegado Geral de Polícia


Na sequência, os três ofícios:

































Ofício nº 01/2013

São Paulo, 25 de setembro de 2013.


Senhor Governador,


Pelo presente, tomo a liberdade de encaminhar a Vossa Excelência apoio ao pleito formulado pela Cúpula da Polícia Civil do Estado de São Paulo, no sentido de reconhecer que a atividade desenvolvida pelos Delegados de Polícia, se considera como carreira jurídica.

Tal reconhecimento implicará na devida valorização das autoridades policiais dentro da organização institucional do Estado, como determina a Emenda da Constituição do Estado nº 35/2012, de iniciativa de Vossa Excelência.

Aproveito a oportunidade para renovar a Vossa Excelência protestos de estima e consideração.


IVANA DAVID

Juíza de Direito Substituta em 2º Grau



Excelentíssimo Senhor

Governador do Estado de São Paulo

JOSÉ GERALDO RODRIGUES ALCKMIN FILHO

São Paulo - SP





Ao

Exmo. Sr. Dr.

LUIZ MAURICIO SOUZA BLAZECK

DD. Delegado Geral de Polícia

Polícia Civil do Estado de São Paulo


São Paulo, 25 de setembro de 2013.


Excelentíssimo Senhor Delegado Geral,


Respeitosamente, dirijo-me à Polícia Civil do Estado de São Paulo para externar meu apoio à causa do reconhecimento do exercício do elevado mister de Delegado de Polícia como Carreira Jurídica. O mesmo digo à conquista do nível universitário para os Investigadores de Polícia e Escrivães de Polícia e à reestruturação das carreiras policiais civis.

A maior parte da minha trajetória jurisdicional deu-se na área criminal, o que me autoriza a dizer que, sem a Polícia Civil, o sistema de Justiça Criminal não teria insumos para funcionar. Pergunto: quem identificaria os autores de infrações penais e realizaria suas prisões se não existissem os valorosos Investigadores? Quem documentaria os atos e materializaria as diligências não fossem os dedicados e sobrecarregados Escrivães? Que outro profissional comandaria os inquéritos policiais senão os Delegados de Polícia? Que dizer das demais carreiras, dos Agentes de Telecomunicações, dos Carcereiros, dos Agentes Policiais, dos Papiloscopistas, dos Auxiliares de Necropsia, dos Atendentes de Necrotérios e de tantos outros que compõem o mundo policial civil se o Poder Judiciário não pudesse contar com seus préstimos?

A atividade de um Delegado de Polícia é jurídica e a carreira que este compõe é jurídica. Qualquer argumento que não partir de tal constatação terá por falsas suas premissas.

No exercício da coordenação do Departamento de Inquéritos Policiais e Corregedoria da Polícia Judiciária- DIPO/SP, por quase seis anos, conheci de perto o árduo trabalho policial civil, pelo que me julgo apto a atestar que, na minha vida judicante NUNCA presenciei um caso sequer de anômalas investigações, conduzidas por estranhos às coisas da polícia judiciária, que tivesse vingado. Fazer polícia é atribuição para poucos, para experimentados, para quem integra uma classe que demanda aptidões outras, percepções acima dos homens médios.

Portanto, para que cessem de vez as injustiças com a classe policial civil, o mínimo que pode ser feito é assegurar condições humanas de trabalho e reconhecimento salarial condizente a seu status.

Assim, subscrevo-me em homenagem à Instituição ora dirigida por Vossa Excelência, profissional que, certamente, terá lugar de destaque na História da Polícia Civil paulista.

Maurício Lemos Porto Alves

Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, aposentado.


Noticias em Geral : Governo anuncia reajustes no salário de delegados, investigadores e escrivães
25/09/2013 17:40:00 (6009 leituras)

Bonificações de até 25,7% se estendem para profissionais da ativa, inativos e pensionistas

O Governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira, 25, dois projetos de lei que preveem aumentos nos salários de delegados, investigadores e escrivães da Polícia Civil. Os reajustes, que podem chegar a até 25,7%, acontecerão de forma gradativa, pois estão previstos para este ano e também para 2014.

“Nós estamos mandando o projeto de lei estabelecendo um reajuste de 10,5% este ano e 15% no ano que vem. De tal forma que o delegado de terceira classe, cujo salário inicial hoje é de R$ 7.547, passará a ser de R$ 8.776, e a partir do ano que vem, R$ 10.073. Isto beneficia 3.246 delegados da ativa e é uma gratificação. E o impacto é de 127 milhões por ano a partir de 2015, quando tivermos os dois reajustes”, anunciou o governador Geraldo Alckmin.

Já a bonificação para investigadores e escrivães atende a Lei do Nível Universitário, aprovada em 2008. "Estamos estabelecendo um reajuste que varia de 8,5% a 18% neste ano e de 15% a 25,7% no ano que vem, beneficiando 27.280 profissionais, entre ativos, aposentados e pensionistas. O impacto é de R$ 201 milhões a partir de 2015”, explicou o governador.

Os reajustes citados serão cumulativos ao projeto de lei já anunciado que reajusta em 7% os salários das polícias Civil, Militar, Técnico-Científica e da Secretaria da Administração Penitenciária.Segundo Alckmin, nos próximos dias a Secretaria de Segurança e o Comando da Polícia Militar concluem estudo sobre questões que envolvem especificamente os servidores da PM.

Portal do Governo do Estado

Leia mais... | Mais 2894 bytes
Noticias em Geral : Polícia Civil liberta vítima de cativeiro e prende os três autores do sequestro
25/09/2013 17:20:00 (454 leituras)

Nesta quarta-feira (25), policiais civis da Delegacia Antissequestro (DAS), do Departamento Estadual de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), prenderam E.R.M., D.A.R. e H.H.S.S., acusados de terem sequestrado A.V.J.H.J.A., de 28 anos, às 9:10 do último dia 22, em Itapecerica da Serra.

A vítima, o dono de um pet shop em Itapecerica, se dirigia até a casa de um cliente para buscar um cachorro, quando foi abordada pelo trio na Rua Nova Esperança, bairro Parque Paraíso, na cidade.

Uma hora após o sequestro, os criminosos ligaram para a mãe da vítima comunicando o crime e exigindo dinheiro como pagamento do resgate. Tendo sido registrado o boletim de ocorrência sobre o fato na DAS, a polícia deu início ao assessoramento à mãe de A.A., obtendo no mesmo dia, por volta de 11:00, a localização do cativeiro e consequente libertação da vítima, sem o pagamento do resgate.

Mesmo com esse desfecho, os policiais continuaram investigando o caso com o objetivo de identificarem os sequestradores, o que conseguiram e, nesta manhã, com cinco mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão nas mãos, a equipe da DAS deu cumprimento às ordens judiciais e levou preso o trio, que responderá por extorsão mediante sequestro, conforme inquérito policial (nº 36/2013) da DAS/DHPP.


Por Kerma Matos Oliver

Noticias em Geral : Nº de homicídios na Capital em agosto é o menor em 12 anos
25/09/2013 17:00:00 (412 leituras)

A cidade de São Paulo teve queda de homicídios dolosos pelo terceiro mês seguido e registrou o menor número do indicador para um mês de agosto dos últimos 12 anos, desde o início da série histórica, em 2001.

Foram 84 casos no mês, queda de 20,75% em relação a 2012, quando ocorreram 106 casos. A quantidade é a mesma registrada em agosto de 2010, quando também houve 84 homicídios.

Os dados fazem parte das estatísticas de criminalidade divulgadas nesta quarta-feira (25) pela Coordenadoria de Análise e Planejamento (CAP) no portal da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

O número de homicídios em agosto é também o menor dos últimos 18 meses, maior apenas que os 78 registrados em fevereiro de 2012.

Também é a maior queda percentual em 23 meses, desde setembro de 2011, quando os homicídios dolosos caíram 30% em relação ao ano anterior.

No ano, foram 784 homicídios na Capital, a mesma quantidade entre janeiro a agosto de 2012.

No gráfico abaixo, pode-se observar os números absolutos dos homicídios mês a mês (em barras). Na linha que corta o gráfico (comparando o indicador com o mesmo período do ano anterior), percebe-se a queda acentuada em agosto deste ano, a maior da série.

Outro indicador em queda em agosto é o de furtos, com 161 casos a menos. Foram 17.225 casos, queda de 0,93% em relação ao mesmo mês do ano passado.

Produtividade

As polícias Civil e Militar bateram recorde de produtividade, com a maior quantidade de prisões registrada em um mês de agosto desde 2001.

Foram 3.380 prisões em agosto de 2013. No mesmo mês do ano passado foram feitas 2.710 prisões. Houve um aumento de 24,72%, ou de 670 registros a mais, do indicador de produtividade policial.

O indicador também foi recorde no período de oito meses. Foram 25.016 prisões entre janeiro e agosto de 2013. No mesmo período do ano passado foram feitas 20.025. Houve uma melhora de 24,92%, ou de 4.991 registros a mais.

Foram retiradas 604 armas ilegais das ruas em agosto, o que representa um aumento de 34,52%. No mesmo mês do ano passado, foram apreendidas 449 – 155 a mais.

Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública

Noticias em Geral : Mulher grávida de 8 meses é presa por tráfico de drogas em Araçatuba
25/09/2013 11:30:00 (576 leituras)

Policiais civis do Grupo de Operações Especiais (GOE)) de Araçatuba (Deinter 10) prenderam nesta terça-feira (24) uma jovem de 20 anos por tráfico de entorpecentes. A detenção foi realizada em uma residência no bairro Alvorada, em Araçatuba. Com ela foram apreendidas diversas porções de maconha. O que mais surpreendeu os policiais é que a moradora está grávida de 8 meses.

Segundo os policiais uma denúncia anônima informou que a suspeita mantinha um esquema de tráfico na casa dela e que a substância estaria escondida em seu quarto e no quintal da residência.

Questionada, a jovem que tem dois filhos pequenos, confessou que guardava o entorpecente em uma caixa de sapatos, dentro do guarda-roupa. Nas buscas, os policiais encontraram 44 porções de maconha e uma quantia em dinheiro de R$ 53. Além das drogas, havia ainda, uma carteira com documentos de terceiros. Ela foi encaminhada à cadeia feminina de General Salgado.


Wilson Elias

Noticias em Geral : Polícia Civil prende quadrilha especializada em roubos de cargas e ataques a carros-fortes
25/09/2013 11:15:58 (1895 leituras)

A Polícia Civil prendeu sete integrantes da principal quadrilha especializada em ataques contra comboios de cargas e carros-fortes. O bando foi preso durante operação desfechada pela 2ª Delegacia de Investigações sobre Roubos de Cargas do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais). A ação foi realizada na madrugada desta quarta-feira (25) nas cidades de Campinas e Sumaré, no interior de São Paulo.

Os policiais apreenderam um fuzil AK-47, metralhadora mini-Uzi, pistola .40 e revólver calibre 38, além de uniformes e coletes balísticos de uma empresa de transporte de valores. A equipe investigava as atividades do grupo havia 60 dias. “Detectamos que estavam se reunindo para um roubo de carro forte, provavelmente na região de Itatiba. Conseguimos nos antecipar”, comentou o delegado Alberto Pereira Matheus Júnior, titular da 2ª Divecar.

Segundo Matheus Júnior, os presos são apontados como participantes de ações violentas. “É um bando que reage com extrema violência contra agentes públicos de segurança. Atiraram em viaturas da Polícia Militar e da guarda civil de uma cidade no Interior”, disse o delegado. Os detidos estariam envolvidos no ataque a dois carros fortes na rodovia Dom Pedro, em Itatiba, ocorrido em outubro do ano passado. Três PMs foram atingidos por disparos de fuzis.

A quadrilha também atacou uma viatura da GCM de Mogi Guaçu, no início do mês. O veículo chegou a bater em um muro, mas os guardas conseguiram sair sem ferimentos.

Matheus Júnior fala sobre a operação às 14h30 no auditório do Deic.


Maurício Rodrigues – Assessoria de Comunicação do Deic

Leia mais... | Mais 3035 bytes
Noticias em Geral :  Ex-Presidente do STF, Ministro Antonio Cezar Peluso, apoia Polícia Civil de São Paulo
24/09/2013 17:48:55 (1503 leituras)

Senhores Policiais Civis,

Com grata satisfação, anuncio o recebimento de mais uma moção de apoio à carreira jurídica dos Delegados de Polícia. O ex-Presidente  da mais alta Corte de Justiça da República, Ministro Antonio Cezar Peluso, diz, explicitamente, do acerto no que tange à justa iniciativa do Governo do Estado de São Paulo em relação aos Delegados de Polícia, doravante reconhecidos, claramente, como ocupantes de carreira jurídica de Estado. Vê-se, pois, que os operadores de Direito, sem corporativismo, estão, todos, amparando o pleito da nossa Instituição enquanto Polícia Judiciária do Estado. Daí perseguirmos a legalidade em harmonia com as Autoridades e demais Instituições, jamais tangenciando a lei ou o Estado Democrático de Direito. Na ocasião, venho, nova vez, ratificar o compromisso com a Administração Superior, com todas as carreiras policiais civis e, principalmente, com a população de nosso estado.


Luiz Mauricio Souza Blazeck
Delegado Geral de Polícia

Leia mais... | Mais 1666 bytes
Noticias em Geral : Drs. Vicente Greco Filho e Roberto Delmanto Junior apoiam a Polícia Civil de São Paulo
24/09/2013 13:40:27 (1341 leituras)

Senhores Policiais Civis,

Recebemos novas moções de apoio à carreira jurídica dos Delegados de Polícia, desta vez, de dois eminentes juristas: do Procurador de Justiça aposentado, Doutor Vicente Greco Filho e do famoso causídico, Doutor Roberto Delmanto Junior. Conforme verificamos dos documentos aqui ofertados, os ilustres professores vêem, respectivamente, na "iniciativa do Governo do Estado de São Paulo passo relevante e decisivo para o aperfeiçoamento da Justiça Penal e que repercutirá diretamente em benefício da convivência social", além do que, "somente com a valorização da carreira dos nossos Delegados de Polícia é que teremos um efetivo impacto na Segurança Pública" e que o "Governo do Estado de São Paulo estará não só reparando uma injustiça histórica com os nossos Delegados de Polícia, mas, sobretudo, dando condições para que a nossa população possa viver com um pouco de mais paz". Assim, podemos reiterar que a nossa postura, privilegiando o diálogo respeitoso e aberto, atende aos anseios da sociedade paulista e dos meios acadêmicos, que almejam uma polícia democrática e legalista.

Luiz Mauricio Souza Blazeck

Delegado Geral de Polícia






lmo. Sr. Dr. Mauricio Blazeck
DD. Delegado Geral de Polícia do Estado de São Paulo


Gostaria de manifestar o meu total apoio à iniciativa do Eminente Governador Geraldo Alckmin em enviar para a Assembléia Legislativa projeto de lei para que aos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo seja dado o tratamento de carreira jurídica nos quadros da Administração Pública.

Somente com a valorização da carreira dos nossos Delegados de Polícia é que teremos um efetivo impacto na Segurança Pública pois a eles (e não à imprensa e tampouco ao Ministério Público) incumbe o esclarecimento dos crimes que assolam o nosso Estado.

Sem a devida investigação policial, que começa pelo reconhecimento e valorização da polícia judiciária, jamais conseguiremos reduzir os índices de criminalidade em terras bandeirantes. A tranquilidade da população depende da polícia, a tão almejada garantia da paz pública, que fundamenta a existência do próprio Estado, demanda o esclarecimento dos crimes.

Nesse contexto, não tem sentido os Delegados de Polícia do Estado de São Paulo, que é o mais rico na Nação, receberem os mais baixos salários do país para a categoria.

Ao assim proceder, o Governo do Estado de São Paulo estará não só reparando uma injustiça histórica com os nossos Delegados de Polícia, mas, sobretudo, dando condições para que a nossa população possa viver com um pouco de mais paz.

Viva a proposta.

Atenciosamente

Roberto Delmanto Junior
Advogado, Conselheiro Seccional da OAB/SP, Presidente do Conselho Curador da ESA/SP, mestre e doutor em Direito pela Universidade de São Paulo.

Leia mais... | Mais 4987 bytes
Noticias em Geral : Homem é espancado até a morte após jogar pinga em morador de rua em Presidente Epitácio
24/09/2013 13:00:00 (646 leituras)

Policiais civis da Delegacia de Presidente Epitácio, região do Deinter 8 - Presidente Prudente, esclareceram um homicídio doloso ocorrido na cidade no último dia 11, em que a vítima, ainda não identificada, foi encontrada em um buraco entre as linhas férreas, perto da antiga estação da Ferrovia Paulista S.A. (Fepasa). O corpo estava parcialmente carbonizado. O crime foi registrado como “morte suspeita”. Conforme informações da equipe, o cadáver era do sexo masculino.  

Foram requisitadas pericias preliminares com a finalidade de esclarecer a causa da morte, confirmando que a vítima sofreu várias agressões físicas, inclusive com barra de ferro. Na última sexta-feira (20), policiais civis após incessantes diligências, apuraram que o crime foi cometido por três indivíduos moradores de rua, por motivo fútil, pois a vitima teria derramado “pinga” em um dos autores. e foi espancada até a morte. Eles jogaram o corpo em um buraco e atearam fogo no intuito de ocultar o cadáver ou se encontrado, dificultar a sua identificação.

Após o esclarecimento do fato, a autoridade policial representou pela prisão temporária de 2 identificados, que foi deferida pela justiça. A.D.Q., 29 anos e E.R.G., 31 anos foram presos em Bataguassu/MS com auxilio da policia civil daquele estado e conduzidos à Cadeia Pública de Presidente Venceslau, onde permanecerão à disposição da justiça.

 A. já respondia por crime de homicídio no estado do Mato Grosso do Sul. Diligências prosseguem para identificar o terceiro envolvido.


Fonte: Comunicação Social do Deinter 8 – Presidente Prudente
Colaboração: Adriana Ferrari

Leia mais... | Mais 2093 bytes
Noticias em Geral : Dia da Polícia Civil será comemorado no Palácio 9 de Julho
24/09/2013 09:53:47 (1199 leituras)

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo

deputado Samuel Moreira,

sentir-se-á honrado com sua presença na

sessão solene com a finalidade de comemorar o

Dia da Polícia Civil que,

será realizada em 30 de setembro de 2013, às 20 horas,

no plenário “Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira”




Local: Palácio 9 de Julho – Avenida Pedro Álvares Cabral. 201

Ibirapuera – São Paulo – SP – www.al.sp.gov.br">www.al.sp.gov.br

cerimonial@al.sp.gov.br– fone 3886-6280 – fone/fax: 3889-8666



Leia mais... | Mais 2426 bytes
Noticias em Geral : Ofício da Secretaria Nacional de Segurança
23/09/2013 18:10:00 (1876 leituras)

Senhores Policiais Civis,



Mais uma vez anuncio o recebimento de outra moção de apoio à carreira jurídica dos Delegados de Polícia. A Secretária Nacional de Segurança Pública, Regina Maria Filomena de Luca Miki, externa sua solidariedade à Polícia Civil no sentido de “reconhecer que a atividade desenvolvida pela autoridade policial, na estrutura funcional do Estado, se qualifica como carreira jurídica” e que esse “reconhecimento propiciará a verdadeira valorização das atividades policiais, fundamental para o funcionamento da organização institucional do Estado”. Desta toada, assevero que a postura respeitosa e aberta, adotada pela atual administração, reflete os anseios de uma sociedade pluralista e democrática. Além de representar indiscutível avanço para toda a instituição policial civil.



Luiz Mauricio Souza Blazeck

Delegado Geral de Polícia




Noticias em Geral : Policiais do 5º DP impedem fuga de procurado por uma laje e apreendem 20 kg de maconha
23/09/2013 17:49:37 (523 leituras)

O ajudante geral C.R.S., de 27 anos, foi detido por três policiais civis - dois do 5º DP (Aclimação) e um do 12º (Pari) - ao tentar fugir pela laje da própria casa, levando duas mochilas com 14 tijolos de maconha. A droga, que pesava 20,367 kg, foi abandonada por ele ao lado da caixa d´água. O flagrante de tráfico de entorpecentes aconteceu na manhã de sábado (21), na Rua Guarapa, em Cidade A.E.Carvalho, zona leste da Capital.

Na última sexta-feira, os policiais haviam recebido denúncia anônima sobre um ponto de venda de drogas naquele endereço onde atuaria um traficante conhecido como “Quequel”, e deram início às investigações de campo que renderam informações a respeito do criminoso.

Com dados suficientes, os policiais decidiram entrar na casa, e ao toque da campainha, a esposa de “Quequel” pediu à equipe que esperasse um pouco para que ela pudesse se vestir e abrir a porta, porém, nesse instante, um dos agentes notou a presença de alguém na laje do imóvel e subiu até lá para averiguar. Nesse momento o ajudante foi visto e detido. Dentro da casa não havia nenhum produto ilegal.

Ainda é desconhecido o fornecedor do traficante, que alegou aos policiais ter “entrado no ramo” recentemente pelo lucro rápido. A polícia apurou que esse fornecedor vinha de carro até a casa de C. e deixava com ele determinadas quantidades de maconha proveniente das cidades de Indaiatuba e Jarinu. O ajudante adquiriu os 14 tijolos de droga por R$ 300,00 cada.

C. tinha passagem por porte ilegal de arma de fogo e por receptação e era procurado da Justiça – fugitivo do Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Franco da Rocha. Com ele, além da droga foram apreendidos dois celulares.


Por Kerma Matos Oliver

Fotos: 5º DP (Aclimação)


Noticias em Geral : Desmanche ilegal tinha dispositivo para anular rastreadores
23/09/2013 17:40:00 (690 leituras)

A Polícia Civil estourou um desmanche ilegal na manhã de hoje (23). O esquema funcionava nos fundos de uma loja de venda de peças em Santo André, no Grande ABC. Integrantes da 4ª Divecar (Delegacia de Investigações de Fraudes), do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais), responsáveis pela ação, descobriram que no local foi implantada uma inovação técnica para despistar os rastreadores dos carros: os responsáveis instalaram no desmanche um jumper com oito antenas. “O jumper bloqueia os sinais de frequência, nesse caso podia interromper oito diferentes ondas, desde sinais de celulares, internet até de TVs”, explicou o delegado Newton Fugita, titular da 4ª Divecar.

A equipe da 4ª Divecar apurava a ação da quadrilha havia 30 dias. Os policiais conseguiram localizar a base de desmanche do bando: um compartimento com isolamento acústico e bloqueador de sinal nos fundos de uma loja de autopeças. O negócio esta instalado na Rua Varsóvia, bairro de Santa Teresinha. “Para camuflar o compartimento, colocaram um cemitério de carcaças de carros na frente”, disse Fugita.

Segundo o delegado, os envolvidos tinham uma dinâmica rápida para desmanchar os veículos. “Acredito que em aproximadamente 20 minutos, o carro era desmontado”, avaliou Fugita. O cálculo surgiu durante a ação. A equipe flagrou a entrada de um Fiat Uno furtado - o automóvel apresentava queixa da tarde de ontem, por São Caetano do Sul -, e os investigadores resolveram invadir o local. Menos de cinco minutos depois, eles detiveram 12 pessoas, entre envolvidos e supostos clientes. Apenas nesse curto período, os responsáveis pelo desmanche tinham arrancado o capô do Uno. A equipe apreendeu centenas de peças.


Por Maurício Rodrigues - Assessoria de Comunicação do Deic (com adaptações)

Noticias em Geral : Mensagem do Delegado Geral de Polícia - 21.09.13
21/09/2013 16:15:02 (2567 leituras)

Senhores Policiais Civis,

É com grata satisfação que anuncio o recebimento de mais uma moção de apoio à carreira jurídica dos Delegados de Polícia enviada ao Excelentíssimo Governador do Estado. O deputado Fernando Capez externa sua solidariedade a toda a instituição nos seguintes termos " Pelo presente, toma a liberdade de encaminhar a Vossa Excelência apoio ao pleito formulado pela Cúpula da polícia Civil do estado de São Paulo, no sentido de reconhecer que a atividade desenvolvida pela autoridade policial, estrutura funcional do Estado, se qualifica como carreira jurídica como , aliás, determina a Emenda a Constituição do Estado n.35/2012 de Vossa Excelência.". Conforme se vê, a postura adotada pela Polícia Civil reflete o caráter legalista e democrático esperado de um organismo policial em perfeita sintonia com o Estado Democrático de Direito. Aproveito a oportunidade para, mais uma vez, ratificar o compromisso com a Administração Superior e com toda a categoria.

Att.,


Luiz Mauricio Souza Blazeck

Delegado Geral de Polícia

Leia mais... | Mais 1498 bytes
Noticias em Geral : Operação policial de combate ao tráfico de entorpecentes é realizada em Taboão da Serra
21/09/2013 13:41:19 (977 leituras)

A Polícia Civil realizou nesta sexta-feira (20) operação na região de Taboão da Serra, na Grande São Paulo, contra o tráfico de drogas.

Na ação, coordenada pela Delegacia Seccional, com o apoio da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) daquela cidade, houve a participação de 70 policiais civis e foram utilizadas 30 viaturas.

O delegado titular da Seccional, Elson Alexandre Sayão, disse que a finalidade dessa operação foi combater o tráfico de entorpecentes, tirar armas das ruas, além de capturar procurados pela Justiça.

Sayão afirmou ainda que “várias pessoas foram detidas para averiguação, outros foram presos em flagrante, portando drogas". O balanço das prisões e apreensões ainda será divulgado.

Conforme informações da Assessoria de Imprensa da Secretaria da Segurança Pública, dentre os presos há um de alta periculosidade. Ele é suspeito de ter participado de cinco homicídios. Ele foi flagrado com um carro roubado e na ocasião estava com uma pistola calibre ponto 40 com numeração raspada.

Fonte: Assessoria de Imprensa da SSP                                                  Colaboração: Adriana Ferrari

Noticias em Geral : Polícia Civil apreende 16,4 quilos de Maconha em Mococa/SP
20/09/2013 15:43:16 (856 leituras)

Um homem de 39 anos foi preso em Mococa (SP), nesta quinta-feira (19), por suspeita de envolvimento com o tráfico de drogas. Com ele foram encontrados 17 tijolos prensados de maconha,  pesando 16,4 quilos. A apreensão foi feita na Rodovia Manoel Hipólito do Rego, em Mococa.

Em diligências para apurar denúncia anônima sobre tráfico de entorpecentes, policiais civis da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de São Sebastião (litoral norte), passaram a realizar campanas e perceberam movimentação no local. Após abordarem o suspeito e a residência, encontraram uma balança, uma faca com vestígio de entorpecente e um pequeno pedaço de maconha.

Diante dos fatos, realizaram busca minuciosa e encontraram no fundo da casa, um isopor com 17 tijolos de maconha. Prontamente o indiciado assumiu a propriedade do entorpecente. Ele afirmou que iria receber pela guarda da substância. Os policiais encontraram também pequena porção de haxixe. O material foi enviado para a perícia para emissão do laudo conclusivo.


Wilson Elias

Noticias em Geral : Dupla de adolescentes envolvida em roubo e homicídios é presa na Rodovia Fernão Dias
19/09/2013 23:50:00 (433 leituras)

Policiais civis da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) de Guarulhos apreenderam nesta quinta-feira (19) dois adolescentes suspeitos de participarem de uma tentativa de roubo que culminou com a morte de duas pessoas, no quilômetro 84 da rodovia Fernão Dias, em trecho da zona norte da Capital. Os menores são M.V.C.S. e L.F.S., ambos de 15 anos.

Eles confessaram o envolvimento na tentativa de assalto a J.J.S., de 43 anos, que após ser vítima de um assalto, ainda tentou pegar os assaltantes, mas acabou sendo atropelado e morreu.

O corpo do homem foi arremessado sobre um carro da marca Renault Clio que trafegava em sentido contrário e atingiu o motorista R.A.A., de 38, que com o impacto também morreu. A esposa de R,. que estava no banco do passageiro, ficou ferida e foi socorrida ao hospital, onde permaneceu internada em estado de choque.

Policiais civis apuraram que havia um veículo da marca Celta parado no acostamento e várias pedras atiradas na via, com o objetivo de furar os pneus dos carros de modo a facilitar a prática delituosa.

O crime ocorreu na noite da última quarta-feira (18).

Prisão

A apreensão da dupla aconteceu após serem flagrados dentro de um caminhão Mercedes-Benz branco. Eles ainda tentaram fugir, mas sem sucesso.

Na ocasião, os adolescentes pretendiam roubar equipamentos do caminhão, como o GPS, o tacógrafo, dinheiro e o aparelho celular de um motorista .

Os dois adolescentes foram conduzidos à Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Casa). A equipe continua com as investigações, com a finalidade de localizar o terceiro menor, de 14 anos, que também participou do delito.

A partir desta sexta-feira (20), as Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal realizarão operação em conjunto para combater crimes na rodovia Fernão Dias, segundo informações da Assessoria de Imprensa da Secretaria da Segurança Pública.

Adriana Ferrari

« 1 ... 22 23 24 (25) 26 27 28 ... 186 »
Ultimas prisões - operações - apreensões
Creative Commons License
O conteúdo deste site esta licenciado sob (This work is licensed under a) Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil License.
Permitida a reprodução, apenas se citadas a fonte e autoria
-
Enviar por email Comunicar erros Receber Boletim Imprimir Mapa do site
RSS
Polícia Civil do Estado de São Paulo - R. Libero Badaró 39 - São Paulo/SP - CEP 01009-000