|
NOTÍCIAS
|
PRISÕES
|
FALE CONOSCO
|
FONES E ENDEREÇOS
|
Login
|
 
Enviar por email Comunicar erros Receber Boletim Imprimir
Contraste
Mapa do site
RSS
Menu
Seu IP
54.166.83.154
ec2-54-166-83-154.compute-1.amazonaws.com
Woodbridge - United States - NA
Latitude : 40.552501678467
Longitude : -74.291496276855
Seu Browser
CCBot/2.0 (http://commoncrawl.org/faq/)
QR code
http://www2.policiacivil.sp.gov.br/x2016/modules/news/index.php?storytopic=5&start=90

« 1 ... 16 17 18 (19) 20 21 22 ... 106 »
Operações Policiais : Operação em Guararapes (Deinter 10) prende quatro pessoas
19/03/2014 09:32:55 (1630 leituras)

Quatro pessoas foram presas nesta terça-feira (18) durante operação realizada pela Polícia Civil em Guararapes (Deinter 10 - Araçatuba). A ação policial foi realizada por meio da Delegacia Seccional de Araçatuba e apreendeu porções de maconha e aparelhos celulares, além de produtos eletrônicos de origem suspeita.

Segundo o delegado seccional de Araçatuba, Nelson Barbosa Filho, o resultado foi positivo: “Pessoas envolvidas com a criminalidade foram parar atrás das grades e itens apreendidos vão ajudar outras investigações que continuam em curso na cidade”, afirmou o delegado.

A operação mobilizou 44 policiais civis, entre delegados, investigadores, agentes e escrivães. Ao todo, foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e de prisão, expedidos pela Justiça Estadual.

Nelson Barbosa disse ainda que a ação faz parte do plano de combate ao crime desencadeado pela Delegacia Geral de Polícia (DGP) e pela Secretaria de Segurança Pública (SSP). Ele ressaltou que outras operações policiais ocorrerão no decorrer do ano, em cidades da região de Araçatuba, para combater a criminalidade.


Roberto Alexandre - Assessoria de Comunicação do Deinter 10  

Leia mais... | Mais 2048 bytes
Operações Policiais : Operação desarticula quadrilha em Caraguatatuba e Biritiba Mirim
19/03/2014 08:10:01 (2580 leituras)

Uma operação integrada das polícias Civil e Militar identificou e localizou 14 suspeitos de assaltar um shopping center em Caraguatatuba, no litoral sul do Estado de São Paulo. Quatro foram presos e 10 morreram - sete em Caraguatatuba e três em Biritiba Mirim - em troca de tiros com policiais entre sábado (15) e a manhã desta terça-feira (18).

“O crime aconteceu por volta das 4h30 de sábado, quando o grupo invadiu a garagem de uma empresa de ônibus, rendeu funcionários e entrou pelos fundos do shopping, onde renderam seguranças e estouraram lojas e seis caixas eletrônicos”, contou o coronel Cassio Roberto Armani, responsável pelo Comando de Policiamento do Interior 1 (CPI-1).

À tarde, por volta das 16h30, policiais do COE (Comandos de Operações Especiais) localizaram um suspeito armado, que reagiu à abordagem e atirou contra eles. Ao revidarem, feriram o homem, ainda não identificado, que estava com R$ 96.344. O suspeito morreu no hospital. Ao lado dele foi encontrada uma pistola calibre 380, dois revólveres 38, e um colete a prova de balas.

Além disso, equipes da PM da região acompanharam o trajeto dos carros da quadrilha, que fugiam por uma estrada de terra, a mesma via pela qual haviam chegado aos fundos do shopping. “Eles foram mal guiados e chegaram à Serra do Mar, onde abandonaram os carros”, explicou Armani. As placas dos veículos eram clonadas.

Os suspeitos notaram a presença de uma viatura do 20º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I), que os seguia à distância, abandonaram os veículos e entraram na mata da Serra do Mar. Com isso, 450 policiais foram mobilizados para realizar um cerco na região.

Na manhã de domingo (16), o desempregado H.S.R., de 25 anos, foi encontrado em uma fazenda, com R$ 5.025. Ele, que confessou o crime, é acusado da morte de dois policiais civis no Guarujá, em novembro de 2007, e suspeito de integrar uma facção criminosa, de acordo com a polícia.

Quando foi encontrado, vestia roupas limpas, que havia encontrado no caminho e usado para despistar a polícia e seus companheiros. “Ele se entregou. Havia fugido do próprio grupo, que queria matá-lo, por ter guiado os carros ao lugar em que se perderam”.

“As roupas foram encontradas por ele no caminho”, relatou o capitão Ronaldo Rossato, que comanda COE, acionado para fazer uma incursão na serra, em ação acompanhada pelo helicóptero Águia.

O segundo suspeito - o professor S.S.S.J., de 26 anos - foi encontrado por volta das 20 horas do domingo (16), andando pela margem da estrada.

Troca de tiros

Na madrugada de domingo para a segunda-feira (17), quatro criminosos morreram ao trocarem tiros com PMs do COE e do CPI-1. Os suspeitos estavam com dois coletes à prova de bala que foram roubados dos vigilantes do shopping, além de três pistolas, de calibres 9mm, ponto 45 e ponto 40 – esta último foi roubada de um policial militar reformado. Nessas ações, foram apreendidos mais R$ 26.701.

Uma equipe da Força Tática de Caraguatatuba localizou outros três assaltantes na manhã desta terça-feira (18). Armados com dois fuzis 556 e uma pistola 9mm, os criminosos trocaram tiros com a PM e morreram no pronto socorro do hospital municipal.

Refém

Na manhã de hoje, policiais seguiram uma Kombi branca até uma base comunitária da PM, em Biritiba Mirim, na Grande São Paulo. “A gente sabia que a quadrilha havia roubado o veículo. Eles invadiram o destacamento da Polícia Militar”, contou o delegado seccional de Mogi das Cruzes, Marcos Batalha.

Houve um bloqueio na região, troca de tiros e um policial ficou ferido na perna – e passa bem. Feridos, dois criminosos foram presos no prédio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), anexo ao da PM, onde fizeram uma cozinheira refém. Eles permanecem hospitalizados. Outros dois morreram neste confronto com equipes do 17º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M).

“No total, foram 10 mortos em Caraguatatuba e em Biritiba Mirim. Além disso, ao final, quatro pessoas foram presas e vão responder judicialmente pelos crimes que cometeram”, finalizou Armani.


Fonte: SSP              Rafael Iglesias, com colaboração de Paula Vieira


Leia mais... | Mais 6309 bytes
Operações Policiais : Dupla é presa com ecstasy destinado a casa noturna no centro da Capital
17/03/2014 19:34:28 (1893 leituras)

Policiais da 3ª Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise) do Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico (Denarc), prenderam uma dupla de traficantes na região central da Capital com “ecstasy”, na madrugada do último domingo (16).

Os indiciados já estavam sendo investigados há algum tempo. Assim, visando a repressão ao tráfico de drogas em uma casa noturna da rua Araújo, no bairro República, centro de São Paulo, foram presos o motorista W.O.S., de 32 anos, e W.C.,de 22. Eles confessaram que trabalham juntos vendendo os comprimidos na boate.

Um deles tinha no bolso da calça muitos comprimidos da droga. Além disso, a dupla estava em um veículo de propriedade de E.E.S, que atualmente está preso, com antecedentes de roubo, corrupção de menores, porte e tráfico de drogas. 

Diante dos fatos, ambos foram presos em flagrante e permanecem à disposição da Justiça.

por Rina Ricci

Operações Policiais : Sete lojas foram emparedadas em operação na 'Boca das Motos'
13/03/2014 19:24:22 (3271 leituras)

A Polícia Civil e a Prefeitura de São Paulo desfecharam hoje (13) uma importante ofensiva contra o comércio ilegal de peças e receptação nos Campos Elíseos, na região conhecida como “Boca das Motos”. A ação conjunta envolvendo integrantes da 3ª Divecar (Delegacia de Investigações sobre Desmanches Ilegais) do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) e fiscais municipais resultou na interdição de 12 imóveis. Desse total, sete lojas foram emparedadas. “Nosso objetivo é uma saturação total na ‘Boca das Motos’. Vamos realizar essas ações outras vezes”, explicou o delegado Fábio Dal Mas, titular da 3ª Divecar e coordenador da operação.

As equipes da 3ª Divecar e dos fiscais municipais, totalizando 70 pessoas, estiveram em 31 estabelecimentos comerciais. As lojas estão instaladas nas ruas dos Guaianases, General Osório e dos Gusmões. A falta de notas fiscais para justificar a procedência da mercadoria e de documentação relacionada ao funcionamento da empresa, principalmente a inexistência do alvará, foram as principais irregularidades constatadas.
 
Para o delegado Dal Mas, a saturação deverá fortalecer as lojas que trabalham dentro da legislação. Na operação, seis estabelecimentos foram fiscalizados e estavam com a documentação regularizada.

por Mauricio Rodrigues
Assessoria de Comunicação (Deic)

Operações Policiais : Operação reúne Divecar e Prefeitura na “Boca das Motos”
13/03/2014 11:02:10 (1557 leituras)

A Polícia Civil desfechou na manhã de hoje (13) uma importante ofensiva contra o comércio ilegal e a receptação de peças no Campos Elíseos, na região conhecida como “Boca das Motos”. Integrantes da 3ª Divecar (Delegacia de Investigações sobre Desmanches Ilegais) do Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais) e fiscais da Prefeitura de São Paulo estão percorrendo as lojas dessa região.

Os objetivos são apreender produtos sem nota fiscal de procedência e verificar a documentação que permite o funcionamento do negócio. “Esse tipo de ação em conjunto nos permite combater melhor esse comércio. Podemos apreender todos os produtos irregulares, mas não podemos fechar o comércio. Já a fiscalização municipal tem essa atribuição caso constate a inexistência dos alvarás”, explicou o delegado Fábio Dal Mas, titular da 3ª Divecar e coordenador da operação.

Dal Mas adiantou que um dos procedimentos será construir uma parede na porta do imóvel, lacrando o local. Segundo o delegado 70 pessoas participam da ação entre investigadores e funcionários municipais.

Os trabalhos devem prosseguir até o início da tarde. A área de atuação compreende as ruas dos Guaianases, General Osório e dos Gusmões.

Assessoria de Comunicação - Deic

« 1 ... 16 17 18 (19) 20 21 22 ... 106 »
Ultimas prisões - operações - apreensões
Creative Commons License
O conteúdo deste site esta licenciado sob (This work is licensed under a) Creative Commons Atribuição-No Derivative Works 3.0 Brasil License.
Permitida a reprodução, apenas se citadas a fonte e autoria
-
Enviar por email Comunicar erros Receber Boletim Imprimir Mapa do site
RSS
Polícia Civil do Estado de São Paulo - R. Libero Badaró 39 - São Paulo/SP - CEP 01009-000